A ejaculação precoce é o transtorno sexual em que o homem ejacula (elimina esperma pelo pênis) antes do momento que gostaria.

Geralmente ocorre após rápida estimulação sexual e antes ou logo após a penetração do pênis na vagina.

Este transtorno afeta cerca de 29% dos homens; causa sofrimento e pode dificultar os relacionamentos.

Leia também:

O tratamento com terapia sexual

O tratamento depende da duração do transtorno e a psicoterapia sexual é focada especialmente na mudança de alguns hábitos sexuais.

O terapeuta buscará com o homem e/ou com o homem e parceira (o) estratégias para melhor controle sobre a ejaculação.

Estas estratégias incluem maior atenção às atividades sexuais anteriores à penetração, estimulação do prazer em dar e receber toques em várias regiões do corpo e em descobrir quais áreas são mais prazerosas.

Durante esses exercícios, o casal vai adquirindo mais intimidade e a comunicação aumenta.

O foco de atenção não é mais “se a ejaculação poderá ou não ser controlada” e sim a sensação prazerosa.

O homem também aprende a perceber qual o momento em que está prestes a ejacular e a adequar o ritmo e a velocidade das carícias.

Para aqueles que passam a apresentar o problema após um período de controle ejaculatório satisfatório, o terapeuta trabalhará a vida afetivo-conjugal, profissional e sua capacidade de relaxar.

Psicoterapia individual ou do casal e medicamentos que ajudam a controlar a ejaculação poderão ser necessários.

Procurar conversar abertamente com a parceira é o primeiro passo.

Após isto, a ajuda médica é importante, mas é a terapia psicológica que resolve, e isto deve ser considerado.

Fontes:

  1. Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana: https://www.sbrash.org.br/
  2. Instituto Paulista de Sexualidade: https://www.inpasex.com.br/

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(3 avaliações, média: 4,67 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Homossexualidade não é doença

Close