Em consultório de psicologia e sexologia é sempre recorrente a pergunta: Como aprimorar e manter acesa a chama do meu relacionamento? Faz tempo que já estamos juntos , como devo fazer?

O primeiro passo é não se acomodar na relação. Relacionamentos não têm vida própria como nos contos de fadas e nos filmes românticos, que forças mágicas juntam as “almas gêmeas” e todos vivem felizes para sempre, sem nenhum esforço nem dedicação.

Tem de querer que dê certo e se empenhar sempre.

Leia também:

Então tenha em mente que em qualquer relacionamento é importante ter e manter o tripé:

  1. Comprometimento (projeto de vida em comum);
  2. Boa comunicação (capacidade para o diálogo);
  3. Capacidade de partilhar segredos (cumplicidade).

Para preservar a chama acessa, fortaleçam os laços! Como?

  • Dialoguem.
  • Bebam juntos uma taça de um bom vinho.
  • Celebrem os momentos felizes.
  • Construam situações favoráveis (jantares, viagens, momentos a dois).
  • Cultivem a paixão, dedicando-se à pessoa mais importante da sua vida.
  • Sejam atenciosos, dê àquela pessoa o que ela precisa e não o que você acha que ela precisa.

Compreende a diferença? Para saber o que ele(a) quer e gosta, tem de conhecer, conversar, ouvir. Um bom exercício diário. Veja aqui que uso o plural, pois a relação deve ser cuidada pelo casal.

Essa proximidade e carinho sempre alimentados deixam a sexualidade ali, à flor da pele. Um bom sexo é tão importante quanto o amor e o companheirismo.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Deem espaço ao papel de amante

  • Apimentem a relação indo a ambientes diferentes.
  • Promovam jantares românticos.
  • Viagem a dois.
  • Saiam para dançar.
  • Olhem nos olhos.
  • Riam, casais que riem juntos são mais felizes.
  • Elogiem sempre, os elogios sinceros aumentam a positividade e com isso o sentimento de admiração e o desejo sexual.

E, resgatem sempre o apaixonar-se. Relembrem o que fez vocês se apaixonarem. Mantenham esse sentimento vivo.

E para ser sempre atraente, cuide bem de você, da sua autoestima, da sua vida. Assuma o controle da sua vida amorosa e sexual também. Essa independência e a autoconfiança são afrodisíacos.

Por fim, se você quer mesmo manter o relacionamento, qualquer problema conjugal será facilmente relativizado. E, assim, você terá o seu final feliz.

Persista apesar das dificuldades, elas fazem parte do relacionamento. Comprometa-se!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Carolina Freitas
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Psicopedagoga, Sexóloga, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX, Delegada Estadual - Goiás biênio 2018/2019 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Homens pensam mais em sexo que mulheres?

20 de setembro de 2014
Close