Sexo Sem Dúvida

Compulsão Sexual, Como identificar e como agir

Embora a expressão “Ninfomania” seja mais conhecida quando se trata de desejo exagerado por sexo, ninfomania refere-se ao feminino.

Estatisticamente esta compulsão por sexo é mais observada em homens e chama-se Satiríase.

Independente do nome, “Nível elevado de desejo por sexo”, “Apetite sexual excessivo”, “Desejo sexual Hiperativo” ou outros termos que o definem, o que vale observar é que apresentando tal transtorno é fácil comprometer outras áreas da vida em nome do desejo compulsivo por relações sexuais.

Leia também:

Defendida em filmes e valorizada em círculos sociais, a sensação que temos é que estes indivíduos, que tem desejo muito intenso por sexo, estão se divertindo, mas frequentemente estão sofrendo.

O nível alto por desejo sexual, quando não estando em equilíbrio, nem sempre é positivo.

Frequentemente o desejo hiperativo por sexo dificulta o dia-a-dia, as relações sociais, de trabalho e até a familiar.

Comum é ver relações serem rompidas por tal comportamento.

Como identificar a compulsão sexual?

Se você conhece alguém compulsivo por sexo, pode observar que há nestes a necessidade repetitiva de realizar contatos, observações, visualizações de imagens relacionadas a sexo e até os próprios atos sexuais, chegando a pontos onde raramente se tem limites.

Não se saciando com uma relação sexual, já visualiza a próxima oportunidade.

“Há uma diferença entre gostar de sexo e precisar muito dele.”

O que fazer?

Compulsão sexual tem a ver com ansiedade.

Ou seja, a compulsão por sexo é apenas uma das facetas decorrentes de um comportamento ansioso, e possivelmente a compulsão não está somente no sexo, mas também pode estar em outras áreas do cotidiano da pessoa que sofre com isto.

Então o que não adianta fazer é tentar bloquear este comportamento. Por exemplo, proibir a pessoa de transar ou de se masturbar.

Isso de nada adianta, pois ou ele(a) vai aumentar ainda mais a ansiedade sobre o próprio sexo, ou vai canalizar esta energia para algum outro comportamento compulsivo, seja jogando muito, seja comendo muito, ou outras formas.

PUBLICIDADE

O que você gostaria de aprender?

Selecione a opção abaixo e receba a nossa orientação por e-mail

A única maneira de resolver é tratar as causas psicológicas que geraram este comportamento, diminuir a ansiedade e trabalhar possíveis traumas. Isto requer a ajuda de profissionais.

A pessoa que sofre com este sintoma dificilmente consegue se livrar da compulsão sozinho(a), ele(a) precisa de ajuda profissional, no caso um psicólogo ou psicóloga, preferencialmente especialista em sexualidade humana.

Existem tratamentos para a compulsão por sexo, porque a compulsão por sexo é parecida com qualquer outra compulsão, por jogos, por alimento, por trabalho, só que esta é por sexo.

A Terapia Sexual com base psicológica, sendo realizada por especialistas em Sexualidade, trata também destes casos, onde o cliente aprende a controlar seus impulsos e a manter relacionamentos sexualmente saudáveis e satisfatórios.

Se você apresenta sintomas como estes agende um atendimento e veja como é possível solucionar.

Sair da versão mobile