Segundo a Sociedade Brasileira de estudos em Sexualidade Humana cerca de 55% das mulheres apresentam algum tipo de dificuldade na cama.

Por dificuldade entendemos os mais diversos tipos de bloqueios e complicações, ou seja, tudo aquilo que impede a mulher de engajar-se na relação sexual, em desenvolver o erotismo, em usufruir plenamente da excitação e do orgasmo.

Estes bloqueios podem estar presentes desde o início da experiência sexual ou surgir ao longo da vida.

Leia também:

Há muitas razões pelas quais a mulher pode sentir-se bloqueada em ter relações sexuais. De forma geral, as razões podem ser divididas em três grupos:

Bloqueios devido à educação familiar e do desenvolvimento

Em nossa sociedade sexo ainda é tabu. A falta de informações adequadas quanto à sexualidade, educação rígida, vergonha e culpa estão presentes na vida da maior parte das mulheres.

Esta desinformação leva a sentimentos de inadequação e culpa e à falta de auto-conhecimento do próprio corpo. Se a sexualidade não é vivida com prazer, tenderá a ser evitada.

Bloqueios por questões traumáticas

Experiências de abuso e violência sexual podem deixar marcas profundas na vida sexual e emocional e impedir que a mulher participe de forma prazerosa do envolvimento sexual e erótico.

Bloqueios por questões relacionais e comportamentais

Insatisfações com o parceiro (a), dificuldades de comunicação, medo de gravidez ou doenças, condições físicas (doenças crônicas, por exemplo), medo de sentir dor durante a relação, crenças equivocadas quanto à sexualidade e estresse são algumas das possíveis causas de bloqueios.

Alguns bloqueios podem ser dissolvidos com informação adequada sobre sexualidade. Muitas vezes uma dificuldade que parece enorme é facilmente resolvida com pequenos ajustes.

Em outros casos, o acompanhamento para questões emocionais e do relacionamento do casal se faz necessário.

O profissional mais adequado e preparado para esclarecer dúvidas e modificar padrões no campo da sexualidade é o sexólogo. Bloqueios têm solução, procure sempre ajuda especializada.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(3 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

3 Dicas simples de como fazer um sexo gostoso

1 de julho de 2016
Close