O orgasmo é a fase da relação sexual em que há o ápice do prazer.

É uma fase rápida, seguida de um relaxamento geral do corpo, onde há contrações do períneo (grupo muscular da região do fundo da pelve), vagina/pênis e útero.

Nos homens geralmente a ejaculação (emissão de esperma) ocorre durante o orgasmo.

Leia também:

Muitas mulheres queixam-se de não ter orgasmo (chamamos a ausência de orgasmo de Anorgasmia).

Na maioria das vezes o motivo é o mesmo: desconhecimento corporal e diminuição da sensibilidade nas zonas erógenas – causada pela ausência de estímulos diários.

Tanto na região vaginal quanto em outras partes do corpo há zonas erógenas, ou seja, zonas sensíveis ao contato sexual. Estas zonas só se tornam realmente sensíveis se forem estimuladas. Caso contrário, ficam “adormecidas”.

Como a relação sexual é relativamente rápida, não há tempo para essas zonas se sensibilizarem. Por isso é importante o toque diário, ou seja, masturbação.

Além de sensibilizar as zonas erógenas, a masturbação promove auto conhecimento corporal, fazendo a mulher descobrir os pontos do seu corpo que promovem mais prazer.

Com isso, a mulher pode guiar seu parceiro durante a relação sexual.

Estas zonas só se tornam realmente sensíveis se forem estimuladas. Caso contrário, ficam “adormecidas”.

Os tabus relacionados à sexualidade e a educação sexual rígida recebida pela mulher não permitem que ela explore seu corpo e seu prazer, sendo também uma das causas da anorgasmia.

Mas será mesmo que eu não tenho orgasmo?

O orgasmo é cercado de mitos. Muitas vezes a mídia apresenta essa fase como duradoura, com perda dos sentidos e da consciência. Por isso, a mulher fantasia inclusive enxergar estrelas e fogos de artifício quando está tendo orgasmo.

Estas definições fantasiosas fazem com que muitas mulheres acreditem não ter orgasmo, quando na verdade tem.

Basta esta mulher prestar atenção no seu corpo: quando houver prazer máximo, contrações na região da pelve e em seguida relaxamento e sensação de satisfação, então ela teve um orgasmo.

Atenção: Apesar de a mulher ter capacidade de ter orgasmo em todas as relações sexuais, em algumas relações pode não haver esta fase, devido, por exemplo, a pouca excitação naquele momento (lembrando que para chegar ao orgasmo deve-se ter primeiramente excitação).

O importante, neste caso, é que a relação sexual tenha proporcionado prazer.

Se você não tem orgasmo, ou acredita que não tem, procure ajuda de um profissional de saúde da área da sexualidade humana.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(6 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Bianca F. Herbe
Bianca F. Herbe

Fisioterapeuta Pélvica e Sexóloga. CREFITO-7 190.813-F. Membro da Associação Brasileira de Fisioterapia Pélvica (ABFP N° 0241). Certificada em Neopompoarismo Original (Gustavo Latorre), palestrante, docente de graduação e pós-graduação em Fisioterapia, e idealizadora da Belalua Loja Sensual Feminina.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Lubrificantes para sexo anal: Qual usar? Onde encontrar?

21 de setembro de 2016
Close