Quanto tempo dura uma relação sexual?

Há duas formas de se avaliar uma relação sexual: uma é a que mede a quantidade e a outra a qualidade.

Ao perguntarmos quanto tempo, estamos mostrando a preocupação com a quantidade de minutos que uma relação sexual pode levar.

A média brasileira

A média Brasileira fica em torno de 7 a 13 minutos. Agora a preocupação de quem não estava dentro deste patamar, é conseguir entrar entre 7 e 13. Que pena!

O foco deveria ser na qualidade, muito mais que quantidade. A qualidade é o que define a satisfação de um bom sexo.

Seja 5, 10, 20, ou quantos minutos quisermos, de nada adianta a quantidade de tempo, se a satisfação não estiver presente.

Priorize sempre a qualidade. Veja 8 dicas para um bom sexo.

Mais uma vez estão dizendo o que é ideal em Sexualidade, tentando dizer o que é normal.

Leia também:

Normal é o que você gosta.

E mais, normal é o que você e a pessoa que estiver com você estiverem vivendo, desde que não estejam se machucando, física ou psicologicamente.

Há quem meça o sexo, e o considera bom, pela quantidade de posições que conseguiu na cama.

Alguns medem o sexo pelas acrobacias e manobras realizadas, esquecendo-se de perceber se a sua parceira ou seu parceiro estão desfrutando.

Sexo não é exato, nunca foi. Não dá pra medir em tempo. Sexo é desfrute, é qualidade.

O que se percebe é que quanto mais amadurecemos, ou quanto mais conhecemos de sexo, menos preocupação com o tempo e mais dedicação aos estímulos é o que buscamos.

Independente dos minutos que a mídia divulga, desfrutem dos momentos!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(4 avaliações, média: 3,75 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Aumento Peniano: O que você precisa saber

29 de maio de 2019
Close