Quanto tempo dura uma relação sexual?

Há duas formas de se avaliar uma relação sexual: uma é a que mede a quantidade e a outra a qualidade.

Ao perguntarmos quanto tempo, estamos mostrando a preocupação com a quantidade de minutos que uma relação sexual pode levar.

A média brasileira

A média Brasileira fica em torno de 7 a 13 minutos. Agora a preocupação de quem não estava dentro deste patamar, é conseguir entrar entre 7 e 13. Que pena!

O foco deveria ser na qualidade, muito mais que quantidade. A qualidade é o que define a satisfação de um bom sexo.

Seja 5, 10, 20, ou quantos minutos quisermos, de nada adianta a quantidade de tempo, se a satisfação não estiver presente.

Priorize sempre a qualidade. Veja 8 dicas para um bom sexo.

Mais uma vez estão dizendo o que é ideal em Sexualidade, tentando dizer o que é normal.

Leia também:

Normal é o que você gosta.

E mais, normal é o que você e a pessoa que estiver com você estiverem vivendo, desde que não estejam se machucando, física ou psicologicamente.

Há quem meça o sexo, e o considera bom, pela quantidade de posições que conseguiu na cama.

Alguns medem o sexo pelas acrobacias e manobras realizadas, esquecendo-se de perceber se a sua parceira ou seu parceiro estão desfrutando.

Sexo não é exato, nunca foi. Não dá pra medir em tempo. Sexo é desfrute, é qualidade.

O que se percebe é que quanto mais amadurecemos, ou quanto mais conhecemos de sexo, menos preocupação com o tempo e mais dedicação aos estímulos é o que buscamos.

Independente dos minutos que a mídia divulga, desfrutem dos momentos!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(4 avaliações, média: 3,75 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Quer saber como ter um orgasmo? Sexóloga dá dicas!

Close