Para que você possa exercer sua sexualidade de maneira funcional é preciso que esteja com sua autoestima preservada.

Se você alcançar um autoconceito positivo conseguirá obter mais prazer na prática sexual.

Gostar do próprio corpo e aceitar as imperfeições são premissas básicas para se sentir a vontade e aproveitar o momento do exercício sexual.

Viver sua sexualidade requer entrega e a entrega só é possível quando existem aceitação e tranquilidade mental.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Então, promover hábitos que aumentem ou mantenham sua autoestima elevada possibilitará que desfrute de um bom sexo.

A perfeição não pode ser encontrada no ser humano, pois somos essencialmente imperfeitos.

A busca desenfreada pelo corpo idealizado ou pela performance sexual irreal traz sofrimento e nos priva da tão importante entrega que nos leva ao prazer supremo do ato sexual.

Faça o que for possível para ressaltar seus atributos físicos que considera mais interessantes, busque formas de se aceitar e construir uma autoimagem saudável.

Respeitando seu biotipo, percebendo a beleza que se esconde atrás das pequenas imperfeições.

Se concentre nas sensações, na interação com o parceiro e fique feliz por poder usufruir deste instrumento maravilhoso que é seu corpo.

Este corpo que te proporciona o contato com todas as sensações inebriantes da vida, entre elas as advindas da prática sexual.

Leia também:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Ana Luiza Costa
Ana Luiza Costa

Ana Luiza é Psicóloga (CRP 08100/87). Especialista em Sexualidade Humana pela Universidade Federal de São Paulo USP/SP. Terapeuta Sexual, Formada em Terapia de Casal pelo Instituto de Terapia e Centros de Estudos da Família INTERCEF/PR. Mais de 12 anos de experiência clínica no tratamento das principais disfunções sexuais.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

5 dicas para elevar o nível do sexo

Close