Para pensarmos a sexualidade no período da amamentação temos de compreender a sexualidade sem preconceitos ou moralismos.

Pensar em desejos. Sim, desejos, pois os seios têm dupla função, a maternal (alimentação e aconchego) e a erótica.

Já sabemos que amamentar é um ato de amor, que promove saúde para a mãe e para a criança. O que precisamos compreender agora que a amamentação pode também ser um ato de prazer.

Leia também:

Amamentação e a Libido

A pergunta: “as mulheres que amamentam realmente têm sua libido diminuída em relação às que não amamentam?” é bem recorrente.

Importante, assim, saber que existem interferências biológicas, mas os hormônios por si só não são definidores de baixa libido.

Acontece no organismo, a diminuição do estrogênio e da progesterona, que pode promover o ressecamento do canal vaginal e alterações na libido.

O aumento prolactina, que ajuda na produção de leite, porém promove a diminuição do desejo.

E, a ocitocina, que é o hormônio responsável pelo prazer é também o responsável pela ejeção do leite, que muitas vezes acontece no ato sexual.

A cultura

Existem, também, as questões culturais, que promovem tabus em torno da sexualidade da mulher. Essa dificuldade retrata nada mais que a dificuldade em lidar com o desejo feminino.

Encarar a realidade que a mulher pode sim ter prazer ao amamentar, que a mulher não precisa transitar no estancado binômio Santa e Puta, pode simplesmente ser mulher.

Outro ponto importante é a verdade de cada casal. A sexualidade do casal vai sofrer interferência pelas crenças no que cada um acredita ser a maternidade, a paternidade, o aleitamento materno, o pós-parto.

PUBLICIDADE

O que você gostaria de aprender?

Selecione a opção abaixo e receba a nossa orientação por e-mail

Muitos casais apresentam a dificuldade em lidar com o seio erótico x seio maternal. Sim, o seio é uma das zonas erógenas do corpo da mulher.

Mas não parem de amamentar por conta do erótico. Existem outras zonas de erotismo. O corpo todo é erótico!

Importante! Amamentar é coisa de pai e mãe! O que acontece no consultório? Recebo mulheres que não amamentam (por diversas razões) que têm baixa da libido no pós-parto.

Homens que criam juntos que também apresentam a libido diminuída. Mulheres que estão amamentando e apresentam alta libido.

Então, a baixa libido não acomete todas as mulheres que amamentam. Na verdade, depende dos diversos fatores acima apresentados.

Amamentar é um prazer por si só. O aumento da sensibilidade nas mamas e a sucção podem gerar excitação, bem como a retomada do interesse sexual.

Leia também:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(4 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Mestre em Psicologia, Psicopedagoga, Sexóloga, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX. Terapeuta Cognitivo Sexual. Professora de pós graduação. Supervisora clínica. Delegada Estadual - Goiás 2020/2022 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade (@programaflorescer). Especialista do portal sexosemduvida.com Atua na área de psicologia clínica com adultos, terapia de casal e terapia sexual há mais de 20 anos e desenvolve trabalhos de palestras, cursos, consultoria e orientação em educação sexual para pais e mestres. Instagram: @psi_carolina_freitas.

Comentários

Como enlouquecer um homem na cama

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Apneia do sono pode causar Impotência Sexual

Close