Em 1998 chegou ao mercado o comprimido azul que revolucionou a vida sexual masculina. O medicamento, de nome científico Citrato de Sildenafil foi o primeiro medicamento oral com resultados satisfatórios no tratamento da disfunção erétil ou impotência sexual.

A disfunção erétil gera prejuízos na vida emocional, conjugal, social e no trabalho. Afeta diretamente a auto-estima e a qualidade de vida.

Atualmente atinge cerca de 50% dos homens, nas mais variadas faixas etárias e sua causa pode ser tanto orgânica quanto psicológica.

Leia também:

Atualmente no mercado os medicamentos mais encontrados são o sildenafil (Viagra®), vardenafil (Levitra®) e o taladafil (Cialis®). Todos eles são inibidores seletivos da enzima fosfosdiesterase 5 (PDE5) e possuem ação semelhante.

Como funcionam?

Estes medicamentos atuam relaxando os vasos sanguíneos de todo o corpo. Em relação ao pênis ajudam a relaxar e expandir os corpos cavernosos que se enchem de sangue, produzindo a ereção.

remedio-erecao-penis

Quando são indicados?

O medicamento é útil quando o homem tem desejo sexual, mas não consegue obter excitação/ereção suficiente para manter uma relação sexual.

Para homens com problemas de saúde que comprometem a ereção, como diabetes e problemas circulatórios, o medicamento pode ser indicado para uso sempre que necessário.

Já para a disfunção erétil de causa psicológica o uso é indicado como forma de manter a auto-confiança no desempenho sexual, diminuindo a ansiedade e aumentando o relaxamento.

Desta forma, em muitos casos, ele pode ser utilizado como meio de restaurar a ereção no presente, mas visando sua suspensão no futuro.

Quando não deve ser utilizado?

Como regra geral as contra-indicações são para pacientes cardíacos e que fazem uso de medicamentos contendo nitratos.

Os efeitos colaterais mais comuns são vermelhidão do rosto, dor de cabeça, sensibilidade à luz e priapismo (ereção prolongada por mais de quatro horas).

No caso de priapismo é importante ressaltar a procura imediata de atendimento médico, pois pode haver danos aos sistema vascular e musculatura do pênis.

Urologista condena uso indevido de remédios para disfunção erétil

Como posso usar a medicação com segurança?

Procure sempre ajuda especializada para o tratamento de disfunções sexuais. Consulte o urologista e clínico geral antes de usar a medicação.

O psicólogo especialista em sexualidade pode auxiliar sobre a melhor via de tratamento e no modo de utilizar o medicamento com maiores benefícios.

Links úteis:

  1. Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana
  2. Sociedade Brasileira de Urologia
  3. International Society for Sexual Medicine

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(1 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

9 coisas que excitam um homem na cama

27 de fevereiro de 2018
Close