O computador e a Internet revolucionaram a vida e o modo como as pessoas trocam informações e se relacionam.

É um mundo inteiro dentro de casa, no trabalho, na palma da mão.

Enquanto a Internet traz inúmeros benefícios como possibilidades de aprendizado, contato com maior círculo de pessoas e possibilidade de negócios, também pode trazer dificuldades para o relacionamento conjugal.

Leia também:

Os 2 maiores problemas

Os dois maiores problemas enfrentados por casais relacionados ao uso da Internet é a pornografia e a infidelidade virtual.

Casais que vivem frustrações no casamento e na vida sexual encontram facilmente a saída rápida e segura para expressar suas fantasias e desejos, protegidos pela distância e anonimato.

Substitui-se assim a ameaça do relacionamento real, e ele pode ser vivido sem riscos.

Contudo, esta vida secreta e isolada do parceiro(a) apresenta riscos reais.

A pornografia constitui-se em uma indústria, que produz material irreal, baseado no mercado e não no que é de fato possível nas relações conjugais.

Embora o uso de pornografia possa ser de grande ajuda para casais, seu uso indiscriminado pode resultar em um quadro de vício/compulsão.

O uso excessivo da pornografia leva a uma necessidade crescente de utilizar este material até para obter níveis normais de excitação.

A pessoa pode criar expectativas irreais sobre o corpo do(a) parceiro(a), preferir uso do material sozinho a ter relações com o cônjuge, pode ainda chegar a substituir passeios, convivência com amigos e família para ficar na internet.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Infidelidade virtual, problema real

Já a infidelidade virtual costuma gerar muita angústia, pois o casal tende a se afastar e desistir de comunicar o que é realmente importante dentro da relação.

A dúvida sobre se traição virtual é realmente traição pode aparecer como desculpa para não por um fim ao comportamento.

Embora virtual, a quebra da confiança e a dificuldade em conversar sobre a relação são reais. O sofrimento de quem se sente traído costuma ser o mesmo de uma situação presencial.

Afinal, nada é virtual quando produz consequências reais.

Se você estiver passando por algo semelhante busque a ajuda de um profissional treinado para lhe ajudar, psicólogos terapeutas sexuais são os mais indicados.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma Avaliação Ainda)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como comunicar ao homem como você gosta de ser tocada (Parte 2)

Close