O computador e a Internet revolucionaram a vida e o modo como as pessoas trocam informações e se relacionam.

É um mundo inteiro dentro de casa, no trabalho, na palma da mão.

Enquanto a Internet traz inúmeros benefícios como possibilidades de aprendizado, contato com maior círculo de pessoas e possibilidade de negócios, também pode trazer dificuldades para o relacionamento conjugal.

Leia também:

Os 2 maiores problemas

Os dois maiores problemas enfrentados por casais relacionados ao uso da Internet é a pornografia e a infidelidade virtual.

Casais que vivem frustrações no casamento e na vida sexual encontram facilmente a saída rápida e segura para expressar suas fantasias e desejos, protegidos pela distância e anonimato.

Substitui-se assim a ameaça do relacionamento real, e ele pode ser vivido sem riscos.

Contudo, esta vida secreta e isolada do parceiro(a) apresenta riscos reais.

A pornografia constitui-se em uma indústria, que produz material irreal, baseado no mercado e não no que é de fato possível nas relações conjugais.

Embora o uso de pornografia possa ser de grande ajuda para casais, seu uso indiscriminado pode resultar em um quadro de vício/compulsão.

O uso excessivo da pornografia leva a uma necessidade crescente de utilizar este material até para obter níveis normais de excitação.

A pessoa pode criar expectativas irreais sobre o corpo do(a) parceiro(a), preferir uso do material sozinho a ter relações com o cônjuge, pode ainda chegar a substituir passeios, convivência com amigos e família para ficar na internet.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Infidelidade virtual, problema real

Já a infidelidade virtual costuma gerar muita angústia, pois o casal tende a se afastar e desistir de comunicar o que é realmente importante dentro da relação.

A dúvida sobre se traição virtual é realmente traição pode aparecer como desculpa para não por um fim ao comportamento.

Embora virtual, a quebra da confiança e a dificuldade em conversar sobre a relação são reais. O sofrimento de quem se sente traído costuma ser o mesmo de uma situação presencial.

Afinal, nada é virtual quando produz consequências reais.

Se você estiver passando por algo semelhante busque a ajuda de um profissional treinado para lhe ajudar, psicólogos terapeutas sexuais são os mais indicados.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Como enlouquecer um homem na cama

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Sexo Oral na Mulher: 10 dicas para fazer bem feito

Close