Se você chegou até aqui é porque provavelmente está buscando ajuda nesta área ou conhece alguém que precisa, ou talvez até por curiosidade.

É preciso então primeiramente entender o que é o vício em Pornografia.

No passado a oferta de imagens de sexo explícito era limitada (revistas pornôs, filmes da locadora).

Com a vinda da Internet, milhões de sites, conexões, portais e vários chats tornaram-se “atiçadores especiais” do seu circuito de recompensa cerebral, pois os estímulos estão todos a apenas um clique.

Leia também:

Quando você está diante de um número ilimitado de estímulos (vídeos e fotos) o seu cérebro é incapaz de processar e controlar tanta informação, então ele faz exatamente o que sempre faz diante de qualquer coisa viciante (diante das drogas, de comportamentos de risco, e da adrenalina) ele se adapta, e é exatamente aí que mora o perigo.

Superar o Vício em Pornografia

Quanto mais prazer, menos prazer

Trata-se de fisiologia, não de moralidade.

O ciclo do vício em pornografia é semelhante ao de outros vícios, ou seja: a sua satisfação e o seu prazer vão diminuindo e o aumento de acessos é inevitável para se alcançar aquela sensação de prazer do início, criando com isto um ciclo interminável.

Por esta razão alguns sintomas se tornam consequência deste vício:

  • Impotência e ou perda de interesse no sexo real;
  • Masturbação frequente e com pouca satisfação;
  • Ansiedade social severa, que vai se agravando;
  • Dificuldades de concentração, inquietação excessiva;
  • Depressão e lapsos de memória.

Reiniciando a máquina

Um dos métodos para superação do vício em pornografia chama-se “reboot” (reset, reinício) e tem se mostrado altamente confiável na superação do vício.

Para você “Reiniciar” seu cérebro será preciso colocar alguma coisa que compense aquela necessidade de acessar a pornografia como prioridade.

Por exemplo, quando bater a vontade de acessar pornografia, você pode contornar este impulso fazendo alguma ação física como caminhar, procurar alguém para conversar, realizar tarefas domésticas, e até falar com seu terapeuta.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

4 Passos para superação

Para iniciar o “reboot”, dê um descanso ao seu cérebro de todo o estímulo sexual intenso (sites, chats, filmes pornô, masturbação) para recuperar uma resposta natural a esses estímulos.

Afaste-se do sexo nos primeiros dias. Busque interação (fale com a sua parceira ou seu parceiro, converse com seus amigos sobre assuntos diversos, troque mensagens com o terapeuta, distraia a sua mente).

Gradualmente, essas conexões cerebrais associadas irão enfraquecer.

Siga os passos:

1 – Apague todo o seu estoque de conteúdos relacionados, histórico da internet e qualquer conexão com sites de pornografia;

2 – Instale um bloqueador de páginas relacionadas para que o computador reaja as suas ações-intenções de querer acessar algo. Utilize filtros e aplicativos que auxiliem (links ao final);

3 – Limite o tempo de computador e não se isole. Se você tiver vontade de acessar, então desligue seu computador e faça atividades predefinidas que agora serão suas “atividades de substituição” da pornografia. Escolha algo positivo e saudável: jogos, exercícios, comer algo, estudar um assunto de seu interesse, ver amigos;

4 – Relaxe sem subterfúgios sexuais. Se você quiser se masturbar, então faça isso sem estímulos visuais (filmes pornôs, chat, fotos). Vale a masturbação debaixo do chuveiro uma vez ao dia.

Aplicativos sugeridos

NoFap Counter: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ksubedi.nofapcounter

Bloqueadores sugeridos

K9 Web Protection: http://www.k9webprotection.com

OpenDNS: Sistema para filtrar conteúdos. http://www.opendns.com

Faça um experimento de 60 dias

Substitua o acesso à pornografia com atividades saudáveis e gratificantes.

Se você puder substitua por esportes, meditação, dieta saudável. A busca por uma vida saudável e feliz tem em seu caminho desafios, mas também oportunidades.

Que tal fazer dessa crise uma oportunidade de aprendizado e desenvolvimento pessoal?

Para acelerar o processo, além dos passos sugeridos recomendamos o acompanhamento de um terapeuta especialista em sexualidade durante sua restauração para que as ideias não se percam.

A terapia é uma grande aliada. Estamos aqui para lhe ajudar!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(21 avaliações, média: 4,71 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marcos Santos
Marcos Santos

Psicólogo, Terapeuta Sexual e Sexólogo. CRP 12/11425. Especialista em Sexualidade Humana pela Universidade de Araraquara(Uniara). Pós graduado em Tecnologias da Educação e EAD pelo Centro Universitário de Maringá(Unicesumar). Formação em Educação Sexual pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci(Uniasselvi). Colunista do Portal Futuro do Sexo. Conselheiro Sexual Online.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Ejaculação Retardada: Por que isso acontece?

30 de maio de 2016
Close