Que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu assim…

Você começa a se envolver com alguém e percebe que está curtindo muito, que te faz bem estar com a pessoa, sente aquele frio na barriga, vontade de ver, de ficar agarrado, contar sobre seu dia, fazer planos, apresentar pra família.

Mas antes de se jogar no sentimento, fica a dúvida. Será que ele está apaixonado por mim? Como saber se ele me ama?

O texto tem esse título (fala sobre “ele”), mas aqui qualquer um pode se colocar na situação. Não precisa ser hétero, pode ter qualquer outra orientação sexual. Só precisa estar com essa pulga atrás da orelha!

Esse texto é pra quem quer saber se o que está recebendo é realmente amor.

Estou escrevendo sobre como entender quando alguém realmente quer estar conosco, se esse alguém tem mesmo um interesse que ultrapassa a vontade de transar ou se divertir, se existe um sentimento mais profundo.

Eu acho que três pontos são bastante importantes e vou conversar sobre eles com você:

Investimento Afetivo

O que essa expressão bonita quer dizer?

Quer dizer que quando a pessoa está interessada ela arranja tempo, faz esforço, se movimenta toda pra conseguir te ver, pra dar um beijo, pra mandar uma mensagem carinhosa, pra se fazer lembrado.

Quando alguém te ama te dá um grande espaço na vida dele. Deixa você fazer parte! Tem vontade de estar contigo, abre mão de outras situações pra te ver, quer te contar sobre o trabalho, sobre os desejos, os medos, quer acarinhar você e fazer com que você se sinta especial.

Leia também:

Se você vive um relacionamento onde, em vez do pão inteiro, recebe migalhas desconfie da profundidade desse amor ou desse interesse. E isto não tem a ver com a pessoa ser ocupada, trabalhar muito, etc.

Tudo é relativo! Se você tem algo com um cara ou uma menina que é workaholic já sabe que a pessoa é muito ocupada e que esse é o ritmo natural da vida dela.

Mas se nos 20 minutos que ela tem livre passa pra te dar um beijo, já é um super investimento afetivo. Porque podia ter ido jantar, tomar um banho, sair com amigos, dormir, ou qualquer outra coisa, mas escolheu ver você.

Menos falação e mais ação

Se alguém realmente se importa contigo demonstra.

Age de acordo com aquilo que sente, faz coisas legais, o que é bem diferente de dizer coisas legais.

Um relacionamento onde existe amor mesmo não é construindo com frases bonitinhas, é construído com atitudes que fazem com que a gente se sinta lembrado, importante, em um lugar de destaque na vida da pessoa.

Preste bem atenção nisso.

Quem ama age

Por vezes o cara ou a menina nem são lá mega românticos nas coisas que dizem, mas são fofos ao lembrar que você não jantou e trazem um sanduíche, perguntam como você foi naquela prova que era importante, te convidam pra ouvir um som em um lugar porque você comentou que adora, deixam de ir em uma festa irada porque preferem ficar no sofá vendo filme bobo contigo por causa da sua gripe.

Lembre-se: a vida se faz com atitude, não com palavra bonita. Se puder ter os dois, sensacional! Se tiver que escolher, a ação sempre é mais confiável.

Leia também: 3 dicas para entender os homens

Te inserir na vida dele (ou dela)

Gente, caneta verde limão pra grifar aqui.

Quando alguém realmente te ama, te quer por perto, quer que você faça parte, que seja protagonista e não coadjuvante ou espectador.

Se o cara ou a menina tem sempre uma desculpa pra não te inserir no meio social, familiar ou relacional dele coloque os dois pés atrás.

Não aceite migalhas.

Esse texto não é sobre sexo casual, prazer, diversão. Esse é um texto que fala de amor. O amor insere, traz pra perto, compartilha, sinaliza, demonstra, apresenta!

Não conte mentiras pra si mesmo se você estiver passando por isso.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Resumindo em três rápidas dicas pra identificar se você está realmente sendo amada:

  1. Super clichê. Quem ama cuida, se preocupa, se faz presente e, principalmente, se esforça para não ser esquecido.
  2. Se a pessoa te ama Te inclui na vida dela e faz questão que você seja parte do mundo que ela habita.
  3. Se este alguém realmente quer que você faça parte da vida dele quer também fazer parte da sua. Quer conhecer o seu mundo e se importa em ser reconhecido dentro dele. Curte conhecer sua família, seus amigos e sua história de vida.

Se identificou? Então é hora de arregaçar as mangas e lidar com a verdade.

É hora de colocar os pingos nos “is” e decidir se você vai continuar comendo os farelinhos que sobraram no prato de alguém ou se vai pedir sanduíche inteiro cheio de queijo derretido que tem o tamanho da sua fome e que você, antes de tudo, merece 😉

Beijo e até a próxima.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(22 avaliações, média: 4,50 de 5)
Loading...
Show Full Content
Ana Luiza Costa
Ana Luiza Costa

Ana Luiza é Psicóloga (CRP 08100/87). Especialista em Sexualidade Humana pela Universidade Federal de São Paulo USP/SP. Terapeuta Sexual, Formada em Terapia de Casal pelo Instituto de Terapia e Centros de Estudos da Família INTERCEF/PR. Mais de 12 anos de experiência clínica no tratamento das principais disfunções sexuais.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Clitóris grande influencia no prazer?

Close