Você quer aumentar o prazer nas suas relações? Quer estender a duração das sensações prazerosas?

Afinal, qual o objetivo de estar em uma relação sexual a não ser dar e receber prazer, carinho, afeto?

Muitas pessoas, por medo ou até por falta de informações adequadas sobre sexo e sexualidade, costumam se apressar em seus encontros sexuais, como se houvesse uma meta a ser atingida.

Para a relação durar mais tempo é preciso mudar o foco do orgasmo e da ejaculação para o prazer.

O objetivo do encontro sexual não deve ser (somente) o orgasmo, mas sim todas as sensações agradáveis que o contato com outra pessoa pode proporcionar.

Então comece a colocar em prática algumas dicas simples de como fazer a relação sexual durar mais tempo e aproveite!

Leia também:

1. O sexo começa fora da cama

O sexo é muito mais do que o contato físico, ele começa quando os parceiros se atraem e sentem desejo um pelo outro. Assim, crie situações para estimular o desejo.

Por exemplo, um telefonema ou mensagem contando o que você pretende fazer com seu parceiro (a) mais tarde; avise que está preparando um momento especial (uma roupa, lingerie, um jantar).

A fantasia e a imaginação são poderosos afrodisíacos, então use e abuse antes de partir para encontro sexual.

Dessa forma, vocês já estarão experimentando o desejo sexual por mais tempo.

2. Não tenha pressa

Não tenha pressa

Parece óbvio, mas não é. Muitas vezes, por ficarem ansiosas ou preocupadas com algum problema durante o sexo as pessoas apressam a relação, partindo direto pra a penetração ou em uma busca frenética pelo orgasmo.

Lembre-se de que o objetivo não é o orgasmo em si somente, mas o prazer, que é uma sensação bem mais ampla.

3. Amplie as preliminares focando nos cinco sentidos

Preliminar é todo contato íntimo antes da penetração (em muitos casos não é preciso partir para a penetração!).

Então, explore todo tipo de contato, beijos, amassos, abraços, sexo oral, lambidas, mordidas, massagens e tudo que a imaginação permitir.

Esteja atento as sensações provocadas no corpo pelos sentidos: olfato, gustativo, tato, audição e visão.

Aprecie o visual, sinta o aroma do ambiente ou o perfume do parceiro (a), fale e ouça frases sensuais e elogios durante a relação, sinta o toque, a pressão e o calor nas diferentes partes do corpo, preste atenção aos gostos, aos beijos por exemplo.

Use os 5 sentidos

Por exemplo, no caso do beijo preste atenção nos movimentos da língua, nas sensações de passar a língua uma na oura, nos dentes, a temperatura da boca, a umidade, a textura dos lábios.

Na questão de excitar os 5 sentidos indico a leitura deste livro.

4. Explore os produtos eróticos

Trazer algumas novidades para a cama, como por exemplo géis e cremes que provoquem sensações diferentes pode ser uma forma de experimentar novas sensações. Se você tem medo ou vergonha, comece com o que tem casa.

Você pode começar com uma pedrinha de gelo, estimulando o parceiro (a) em diferentes partes do corpo, por exemplo.

A relação tende a durar mais, pois vocês estarão descobrindo e curtindo juntos sensações diferentes, ou seja, ampliando ainda mais as preliminares.

PUBLICIDADE

O que você gostaria de aprender?

Selecione a opção abaixo e receba a nossa orientação por e-mail

5. Brinque com as posições sexuais

Explore diferentes posições sexuais, deitados, de pé, sentados. O objetivo é descobrir novas formas de contato, intimidade de prazer. Portanto, adie o orgasmo e brinque bastante.

Lembre-se sempre que o encontro sexual é um momento de relaxamento, brincadeira, uma hora lúdica em que a única meta é descontrair e curtir por quanto tempo vocês se permitirem.

Quer explorar ainda mais as sensações de prazer? Aproveite e leia estes artigos também: 4 atitudes para aumentar o desejo sexual da sua parceira e Benefícios do uso do vibrador.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(9 avaliações, média: 4,33 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga com 13 anos de experiência (PUC-SP). CRP 06/86668.
Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP).
Pós-graduanda em Neurociências e Comportamento pela PUC-RS. Capacitação em Terapia de Casais pelo Ciclo-Ceap SP.
Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP.
Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos.
Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre.
Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Como enlouquecer um homem na cama

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como saber se ele está apaixonado? 13 sinais que não falham

Close