Dá para perceber quando finjo um orgasmo?

Para muitas mulheres não conseguir atingir o orgasmo pode ser tão frustrante e tão angustiante quanto deixar transparecer para o outro que não está sendo suficientemente prazeroso.

E confesso que responder essa questão causa tanto incômodo tanto para quem pergunta quanto para quem responde.

Quem nunca fingiu um orgasmo?

Mulheres diariamente me perguntam como resolver essa questão: de “precisar” demonstrar prazer para seus parceiros.

Se isto já aconteceu com você não fique preocupada, é bem comum.

Curiosidade:

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Columbia, nos Estados Unidos, 54% das mulheres entre 18 e 46 anos já fingiram um orgasmo pelo menos uma vez na vida.

Mas será que os homens percebem que estamos fingindo?

Se a sua dúvida é apenas essa, sossegue seu coração, é difícil para um homem perceber com toda a certeza se uma mulher está fingindo.

Ele pode conhecer as reações que um orgasmo provoca no organismo, mas a real certeza de ter ou não alcançado é somente você que terá.

Até mesmo uma outra mulher te observando, não terá a certeza se você alcançou um orgasmo, somente você saberá a real. 

Orgasmos de filmes pornôs não são reais na maioria dos filmes

Muitos homens e mulheres aprendem o que é um orgasmo vendo filmes pornográficos, recebem estas informações de como se comportar no sexo, acham que orgasmo bom é como o de filme pornô, que orgasmo verdadeiro tem que gemer intensamente, e isso não é verdade.

Você não precisa gemer intensamente para provar a ninguém se sentiu algo. Viva o prazer como você desejar, isso é o mais importante.

Na clássica cena do filme romântico Harry e Sally – Feitos um para o outro, a protagonista simula um orgasmo no meio de uma lanchonete para provar ao seu colega que, sim, é possível fingir um orgasmo.

Diferenças entre o orgasmo do Homem e da Mulher

Do ponto de vista físico, uma mulher pode fingir o ato de chegar ao clímax, já que ela, diferente do homem, não tem mostras explícitas como a ereção e ejaculação como acontece com os homens.

Mas o nosso corpo não dá mostras do orgasmo? Háaa dá sim!

A mulher durante um orgasmo apresenta:

  • Rigidez no clitóris
  • Aumento das pupilas
  • Aumento no ritmo da respiração
  • Leve perda de consciência (leve perda)
  • Movimentos do corpo sem pensar muito, e outros sinais

Além disso, a vagina comprime o pênis durante a penetração se o orgasmo for obtido com o pênis dentro da vagina.

Vale lembrar que nem todas sentem a necessidade de expressar gemidos ou suspiros.

Leia também:

Como a mulher fica depois de um orgasmo

Na verdade, aí é que mora o problema da farsa.

Depois do orgasmo ocorre logo um relaxamento do corpo e uma sensível mudança de humor, causado pelo prazer.

O fato de não ter obtido prazer e o relaxamento causado pelo orgasmo, deixa transparecer essa necessidade do seu corpo em obter essa sensação.

Você ao não alcançar o orgasmo tende a ficar com maior irritabilidade, apatia e mal humor.

Isto pode se tornar evidentes após algumas noites de sexo sem prazer.

Afinal é “trabalho” sem “salário”, não é mesmo? E aí quem estiver com você vai sacar.

Sem contar é claro, que provavelmente uma mulher que não sente prazer, não estimula a libido e não procura por sexo, levantando a suspeita de que não goste do sexo realizado com seu parceiro, deixando ele percebendo e até desconfiado que você não alcance o orgasmo e que pode estar fingindo algumas vezes.

Como lidar com isso então?

O melhor caminho é sempre uma conversa franca, sobre como se sente durante o sexo.

A médio prazo, o fingir pode causar um desgaste no seu relacionamento e seu parceiro não saber que é por que você não chega lá.

Aliás, é provável que nem você realmente saiba o porquê da insatisfação que acomete o relacionamento.

No caso da disfunção sexual feminina, seja ela qual for, o caminho é semelhante.

Converse sobre a sensação de orgasmo difícil de ser alcançado, e busque os estímulos, as técnicas e o conhecimento necessários para intensificar o prazer.

Existem bons materiais para leitura que ajudam muito no alcance do orgasmo.

Se depois de praticar os estímulos certos, você ainda tiver dificuldade o ideal é buscar um(a) profissional para lhe ajudar a solucionar.

Com certeza essa conquista vai trazer mais cumplicidade ao seu relacionamento.

Fingir, em geral, pode funcionar por um tempo, mas nem sempre funciona por muito tempo.

Leia também:

Fontes:

Drª Márcia Oliveira/Espaço Íntimo Fisioterapia

Márcia Oliveira é Fisioterapeuta e possui 13 anos de experiência. Ela atua no cuidado a Saúde Pélvica, tratamento das disfunções da região íntima, disfunções sexuais, perdas urinárias e disfunções intestinais. Também atua no cuidado do processo de desenvolvimento gestacional, no pré e pós parto e na atenção à Saúde da Mulher. 


Posts Relacionados: