É comum ter uma leve curvatura no pênis para direita ou para esquerda, para cima ou para baixo quando ele está ereto.

Essa curva aceitável pode ser causada por genética e fatores comportamentais como, por exemplo, a forma que homem coloca o pênis na cueca ou também pela forma que se masturba fazendo com que a curvatura possa variar com o tempo.

Geralmente até 30 graus é considerado normal, mas como ninguém vai ficar medindo os graus do pênis para saber se está dentro do padrões, como você vai saber se a curva está normal ou não?

Pênis torto deixa de ser normal quando a curvatura impede ou dificulta muito a penetração e/ou o homem tem dor durante a relação sexual, quando isso acontece o provável diagnostico é a doença de Peyronie.

Doença de Peyronie

É uma doença na qual o pênis se torna torto quando está duro, com ele mole você não verá a curva.

Geralmente acomete homens acima dos 40 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade.

Quais são os sintomas?

  • Placa ou nódulo
  • Uma curva no pênis quando ele está ereto
  • Dor no pênis quando está ereto
  • Diminuição do comprimento ou circunferência do pênis
  • Pênis parece deformado como uma ampulheta

Quais são as causas?

As causas ainda não são conhecidas, mas acredita-se que a doença de Peyronie ocorra depois de um trauma quando está ereto ou se dobrou durante a relação sexual causando lesões e futuras cicatrizes.

Qual o tratamento?

Se não existe dor ou uma curvatura que impeça a relação sexual, não precisa de tratamento.

Alguns recursos terapêuticos estão disponíveis como remédios e injeções de esteroides na área afetada, mas não existe comprovação cientifica nesses métodos.

Nos casos mais graves o tratamento é feito através com cirurgia, para remover as placas ou nódulos que estão causando a curvatura, mas recomenda-se esperar até um ano para ver se existe uma melhora natural com o tempo.

Curvatura do pênis

Doença do pênis torto congênito

Além da Doença de Peyronie existe também a Doença do pênis torto congênito que não causa dor, mas causa curvatura que atrapalham a relação sexual.

Geralmente os homens procuram ajuda entre os 18 e 30 anos porque a curvatura sempre esteve presente mas na adolescência quando o pênis começa a ficar ereto mais frequentemente e inicia a vida sexual é que o homem percebe que ela existe.

A diferença entre a Doença do pênis torto congênito e a doença de Peyronie

A diferença entre a Doença do pênis torto congênito e a doença de Peyronie é que, no pênis torto congênito a curvatura sempre existiu desde que o homem nasceu, e na doença de Peyronie ela aparece depois de algum tempo, não existia anteriormente e do nada, começou a aparecer.

PUBLICIDADE

O que você gostaria de aprender?

Selecione a opção abaixo e receba a nossa orientação por e-mail

Quando você deve se preocupar com a curvatura do pênis e procurar ajuda especializada?

Quando você tiver ou souber de alguém que tem uma curvatura que dificulta ou impede uma penetração e uma relação sexual dentro do esperado, é preciso buscar ajuda.

Leia também:

Fontes:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(10 avaliações, média: 4,60 de 5)
Loading...
Show Full Content
Glennia Goulart

Fisioterapeuta pela UniEvangelica de Anápolis. Crefito-117413-F. Pós graduada em fisioterapia na saúde da mulher pela Universidade Cândido Mendes do RJ. Psicóloga pela Anhanguera de Anápolis. CRP09/6674. Pós graduada em Sexualidade Humana pela Universidade Cândido Mendes do RJ.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Seja poderosa

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como a ansiedade causa problemas sexuais?

Close