Você já pensou em provocar uma sensação especial ao tocar seu parceiro?

Algo que deixe nele a memória de prazer único? Ou já teve dúvidas se está realmente proporcionando o máximo de prazer durante as caricias?

Ao acariciar intimamente seu parceiro, podem surgir dúvidas, afinal é sempre muito delicado explorar o corpo do outro.

Mas é algo que pode ser feito de diferentes maneiras, com materiais simples e o uso habitual das mãos.

A masturbação, como sendo uma massagem íntima, além de prazer, traz cumplicidade e intimidade ao casal.

Para isso, o ideal é não concentrar todas as nossas atenções apenas na região genital e inicialmente “passear” pelo corpo, gerando inclusive uma expectativa ao momento do toque mais íntimo.

Leia também:

8 dicas para masturbar um homem

1. Testículos

É uma parte muito sensível e a manipulação errada pode ser muito desconfortável, por isso todo cuidado é pouco, mas também é muito prazerosa se tocada com suavidade.

Procure deixar a maciez e calor das mãos percorrer toda a área, fazendo um leve (leve mesmo) puxão para manipular com carinho.

2. A região perineal

A linha abaixo do testículo, chamada de região perineal, que liga a região anal ao saco escrotal é de extrema sensibilidade, massageie com seus dedos, use a ponta, ou mesmo leves “arranhões” com sua unha para despertar o prazer.

3. O prepúcio

O prepúcio (pele que cobre a região da glande, da cabeça do pênis quando em repouso) pode ser manipulada com suavidade e variando a intensidade durante toda a massagem.

É possível manter ela segura também na base do pênis e iniciar o próximo passo.

4. O “Y” do prazer

Segure o prepúcio e concentre seu carinho naquela região da junção da glande (cabeça) com o corpo do pênis.

Essa linha que forma um desenho de “Y” pode ser uma boa região para brincar com pinceis de maquiagem, dar assopros ou mesmo direcionar um ar de hálito quente.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

5. Manobras

No corpo do pênis é comum o uso de manobras com massagem de vai-e-vem, mas movimentos onde você faz uma espiral com as mãos são excelentes para surpreender seu parceiro, como se fosse “torcer” levemente o pênis dele com uma das mãos vai criar uma sensação surpreendente.

6. A glande

A glande, é a região com mais terminações nervosas do pênis, é para ser trabalhado com muita propriedade.

Segure o prepúcio e deixe a glande exposta e use não apenas os dedos, mas as palmas das suas mãos.

Circule a palma da sua mão sobre a glande, como se fosse “uma bola de cristal”, a ser acariciada.

Nessa área é ótimo explorar com os assopros, pincéis, tecidos e tudo aquilo que sugeri acima.

7. Use seu corpo todo

Use seu corpo todo e não só as mãos.

Para participar dessa experiência, você pode se debruçar e usar seus seios, costas, vulva, nádegas, pernas etc. para criar as mais diversas sensações no seu parceiro.

8. As mãos dele

Faça a brincadeira ficar mais quente, coloque as mãos dele no seu corpo e estimule a troca de caricias, isso irá envolvê-lo com sua proposta de prazer e mostrar sua excitação ao tocar o corpo dele.

Melhor maneira de masturbar um homem

Mas qual a melhor maneira de masturbar um homem?

1) Técnica sem preconceito

A masturbação, muitas vezes é vista como algo egoísta e com objetivo único de gerar prazer apenas para quem recebe, mas não é bem assim.

A masturbação pode ser gostosa até para quem está proporcionando.

Pode ser analisada como uma troca carinhosa e até substituir o ato sexual convencional que muitas vezes tem a penetração como foco.

Curiosidade:

Os seres humanos têm a pele mais sensível de todos os mamíferos, mas a aproveitamos muito pouco na nossa cultura, e hoje em dia, nos acariciamos muito pouco.

Algumas dicas são importantes para variar a técnica e fazer dela algo especial para ambos, afinal, ter o poder de proporcionar sensações a quem se gosta é algo muito prazeroso.

2) Prepare o Ambiente

O ambiente é a atmosfera da sua massagem.

Detalhes como a iluminação, o aroma, a música ou mesmo o silêncio absoluto são itens que podem gerar uma magia em torno do que vai acontecer.

Você pode fazer uso de velas, incensos, lençóis macios, almofadas e até uma venda nos olhos de quem vai receber a manipulação.

Prepare o ambiente

3) Postura confortável e atitude

Lembre-se de que para estar entregue e concentrada no que está fazendo é fundamental ajustar uma posição que você não fique desconfortável e nem cansada, pois assim vai atrapalhar a continuidade e sua entrega ao momento.

Aproveite para se posicionar de forma sensual.

Coloque seu parceiro deitado e ajuste seu corpo ao dele, sentando encaixada a ele e “prendendo-o” ao alcance das suas mãos.

Demonstrar que está disposta, no controle e preparada para o que vai proporcionar, gera um clima de sensualidade.

4) Foco primeiramente no corpo todo

Concentre-se no que está fazendo, se está com as mãos no corpo dele, deslize suas mãos como se estivesse saboreando algo absurdamente delicioso.

Mostrar seu desejo promove excitação para eles.

5) Comece explorando o todo

Seja detalhista, não foque apenas nas regiões genitais, explore as regiões do corpo como próximo a nuca, orelhas, abdômen e costas que também são sensíveis ao toque, explore tudo e todos os cantos.

Use suas carícias “mapeando” todo os pontos sensíveis, comece por um ponto como a cabeça por exemplo e vá criando as sensações, deslizando pelas orelhas, nuca, costas, coxas, pernas e pés, aí você pode sussurrar no ouvido dele que deseja que ele vire, e recomece todo o processo, deixando para o “gran finale” o toque nas genitais.

Comece explorando o todo

6) Use materiais diferentes além das mãos para gerar estímulos diferentes

Você pode utilizar um tecido macio deslizando pelo corpo do seu parceiro, provocando sensações especiais e diferentes.

Pode usar pinceis de maquiagem, pequenos sopros de ar, e até mesmo seu cabelo deslizando sobre o corpo, para acariciar e estimular o que ainda está por vir.

7) Deslizamento perfeito e temperatura das mãos

É importante ter uma lubrificação adequada para o atrito ser agradável durante a masturbação.

Procure usar produtos que não causem alergia ou tenham odor desagradável ao seu parceiro, por isso, na dúvida teste antes, ou se não conseguir, use produtos a base de água ou com odor suave.

Muito importante é estar com as mãos aquecidas, ou no mínimo com a temperatura agradável, se tiver dificuldade com isso, coloque uma caneca ou bolsa de água quente por perto e aqueça suas mãos antes de iniciar as carícias.

8) Ritmo, Velocidade, Pressão

Essas características são muitos importantes, se você for muito afoita e o manipular com muita intensidade pode ser desagradável para quem está recebendo.

Procure também a variação dessas características, que são fundamentais para enlouquecer quem está recebendo, pois geram expectativa e excitação.

Procure usar um ritmo suave, como se manuseando algo muito frágil (que na verdade é), pois toques muitos intensos não geram relaxamento, e nessa hora você quer ele totalmente “entregue” em suas mãos.

A velocidade deve ser lenta no início e pode ir sendo alternada para ir se intensificando e depois voltando a calmaria, assim cria sempre a expectativa ao seu toque.

A pressão com que se toca na pele do outro é de fundamental importância sobre qual estímulo você pretende gerar, nas musculaturas maiores como costas, e pernas.

Se pressionar com intensidade provavelmente vai gerar desconforto, então nada de pressão nesses músculos, mas, atenção, na hora de masturbar seu parceiro, alterne a pressão enquanto segura no pênis, prestando atenção se está sendo agradável a ele.

Muito cuidado para não apertar demais, aqui o lance é dar prazer, se causa sensação de que pode machucar a qualquer momento “quebra o clima”.

Aproveite seus momentos de intimidade, viva o que quiser viver. A massagem íntima é uma das formas de se viver o sexo.

Se tiver qualquer dúvida, estarei aqui para lhe ajudar, fique sempre a vontade.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(5 avaliações, média: 4,80 de 5)
Loading...
Show Full Content
Drª Márcia Oliveira/Espaço Íntimo Fisioterapia
Drª Márcia Oliveira/Espaço Íntimo Fisioterapia

Fisioterapeuta pela Universidade Estácio de Sá (UNESA/RJ). CREFITO 2 104488-F. Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Especialista em Saúde da Mulher Coffito, Especialista em Aspectos Diagnósticos e Terapêuticas das Disfunções Sexuais (Unileya). Fundadora do Espaço Íntimo Fisioterapia cuja missão é desenvolver a Sexualidade Feminina de forma Saudável e Plena.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Compulsão Sexual, Como identificar e como agir

18 de maio de 2015
Close