Como gozar sozinha

Princípio, meio e fim: Só é possível gozar com alguém se antes você gozou sozinha!

É como convidar alguém para dar uma volta de bicicleta, se você não nunca andou sozinha, fica difícil levar alguém junto com você.

Mulheres que se conhecem na intimidade, que desfrutam dos próprios prazeres, que se masturbam, tem maiores chances de ter orgasmos com seus companheiros ou companheiras.

Até hoje, em rodas de conversas, falar da masturbação masculina é algo mais comum que falar da feminina. Qual foi a última vez que você viu alguma mulher comentar que se masturba?

Falo a você mulher, não deixe de lado esta possibilidade.

Incentivo sempre as mulheres a se auto erotizarem, a se masturbarem, a se estimularem da melhor forma que acharem.

Mulheres que se masturbam tem a tendência a aproveitar melhor os prazeres da vida, em outros âmbitos, além do sexo inclusive.

É fato que, quem se masturba com prazer, tem a tendência de ver a vida ainda mais interessante.

Leia também:

8 passos para conseguir gozar sozinha

1) O prazer é seu

Se tem algo que jamais alguém pode controlar em você, é a sua mente e o seu corpo. Aproveite com todo o potencial que você tem. Não deixe que ninguém diga o que você pode ou não fazer.

2) Elimine os tabus

Até um tempo na história, a masturbação era liberada. Houveram líderes que se incomodaram com isto e começaram a controlar o sexo. E mais, controlaram ainda mais o sexo das mulheres.

Até hoje existem mulheres que não conseguem tocar seus genitais por acharem-se culpadas de algo que nem elas sabem o que é.

Deixe de lado tudo isto, toque-se, sinta-se e tente encontrar algo de maravilhoso em tudo isto. É o seu organismo te dando prazer.

Elimine os tabus

3) Encontre lugares aconchegantes e seguros

Se forem as primeiras vezes que você vai se masturbar, procure um lugar onde você se sinta a vontade, podendo deixar seu corpo relaxado e sem preocupação de que alguém pode chegar.

Uma dica: Não deite completamente como se fosse dormir, porque neste ângulo você diminui o seu potencial de excitação.

Fique na cama, no sofá, deitada em almofadas, no banheiro ou onde preferir, mas fique em um ângulo não completamente deitada.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

4) Escolha com que roupa quer ficar

Se você prefere ficar um pouco ainda vestida, ou totalmente nua, ou se prefere ficar embaixo das cobertas, isto tudo é escolha sua. Faça a que melhor você achar.

A única coisa é deixar o acesso ao genital de forma fácil. Pode ser só de lingerie, pode ser sem lingerie, não existe regra, faça como quiser.

O gostoso da masturbação é justamente isto, que você pode decidir.

Leia também: Guia completo da masturbação feminina e masculina

5) Conheça o próprio corpo

Tocar o corpo em todas as partes, inclusive os genitais, faz você descobrir o que no dia a dia fica tampado.

Você já olhou para a sua vulva? Sabe onde é a vagina, o clitóris, os grandes lábios, os pequenos lábios, e toda a parte que é você?

Lembre-se que para um sexo bom com alguém, se você se conhece, as partes que você tem e onde gosta de ser tocada, fica ainda mais fácil.

Com conhecimento você terá ainda mais prazer.

Leia também: A forma ideal para estimular o clitóris

6) Movimentos lentos

Inicie o toque na sua vulva sempre com movimentos lentos, não tenha pressa, faça devagar.

A medida que você for se soltando, e ficar com mais vontade aí pode ir acelerando os movimentos, até o ponto onde achar interessante.

O ponto, a velocidade do movimento e a intensidade do seu toque é você que decide.

Não existem 2 mulheres no mundo que se masturbam iguais, então descubra o jeito que é seu, o jeito que você mais gosta.

Você é única.

Faça movimentos lentos

7) Use géis

Os géis são sempre bem-vindos. Existem géis lubrificantes em qualquer farmácia, supermercado, lojas de sex shop.

Busque um gel a base de água e preferencialmente que nem esquente e nem esfrie. Pegue o gel básico que é o mais indicado e aproveite.

Comece primeiro se tocando com as mãos secas, e assim que você se sentir a vontade, coloque um pouco de gel e deixe deslizar sua mão sobre o genital, com o movimento, a intensidade e o jeito que você quiser.

Você vai quer o quão gosto pode ser isto. Não se preocupe, deixe escorregar!

Leia também: Sexo mais Gostoso: 6 benefícios do Lubrificante Íntimo

8) Se a excitação subir

Se isto ocorrer é a reação mais natural que existe.

Estímulos na área genital ou em qualquer parte do corpo irão gerar reações do organismo, uma delas pode ser o prazer.

Se sentir prazer, aproveite, você é uma das mulheres que está sendo livre, que está sendo mulher!

Excitação subir

9) Prazer

O prazer está muito mais entre as orelhas que entre as nossas pernas, tanto de homens quanto de mulheres.

Quero te dizer que o prazer está mais no cérebro que no genital.

Portanto, se você só tocar seu corpo, mas não imaginar nada, não criar nada, não pensar em uma cena legal, não pensar em nada, o prazer fica pequeno.

Toque a sua vulva, os grandes lábios, os pequenos lábios, a vagina, sempre imaginando coisas boas, cenas que lhe dê tesão, que lhe estimule.

Assim fica tudo mais gostoso. Além de você se conhecer, já pode aproveitar para imaginar algo.

10) Gozar

Gozar é muito mais treino do que algo que a gente nasce sabendo fazer.

Se você não aprender a gozar, não saberá gozar. Orgasmo é aprendido, assim como a masturbação também é aprendida.

Então treine e se nada disto der certo, tente de novo, de novo e de novo, uma hora dá e você vai ver o quão gostoso tudo isto pode ser.

Se der vontade de gozar, goze! Simples assim…

Leia também:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(33 avaliações, média: 4,52 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

12 sinais de que ele gosta de você

Close