Como parar de se masturbar? Dicas e reflexões

A masturbação é uma das manifestações sexuais mais naturais que existem. É através dela que homens e mulheres podem conhecer melhor seus próprios corpos antes de iniciarem seus relacionamentos sexuais.

A masturbação quando praticada de forma equilibrada, é geradora de saúde no organismo, promove o bem estar, e melhora a qualidade do sexo.

Leia também:

Quando é obsessão

Entretanto, em alguns casos ela pode se tornar uma obsessão que atrapalha os outros aspectos de sua vida quando, por exemplo:

  • rouba o tempo reservado para outras atividades;
  • prejudica suas relações afetivas ou sexuais (provocando a perda de interesse nos afetos ou no sexo);
  • ou até sendo um problema quando entra em choque com seus valores e crenças pessoais (ex: a religião e ou estilo de vida que a proíba).

No geral, são os homens que mais apresentam casos de compulsão masturbatória (muitas vezes ao dia).

Que fique claro o que apresento aqui não são confrontos morais para reprimir o prazer que a masturbação permite, mas sim auxiliar na manifestação saudável do autoerotismo.

Isto implica em controlar a masturbação do mesmo modo que você controla várias outros comportamentos no seu dia a dia.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Como controlar a masturbação

De imediato, vou sugerir que, caso você esteja sofrendo e tendo sua vida prejudicada por causa da masturbação compulsória, comece a procurar outro escape para seu tempo e energia.

Sim, você pode descarregar-desprender energia sexual com diversas atividades não sexuais.

Inclua na sua agenda atividades envolventes, pois a excitação de fazer algo diferente pode ajudar a substituir os impulsos que levam para a masturbação.

Experimente alguma dessas opções:

Desenvolver a criatividade

A estratégia de transformar impulsos sexuais em criação é utilizada por eruditos e monges há séculos. Comece a escrever algo, aprenda a tocar um instrumento, desenhe. Sinta-se útil.

Pratique esportes

Dominar um esporte requer prática, disciplina e persistência. Natação, futebol, basquete, tênis ou qualquer forma de exercício lhe ajudará a aliviar a tensão, se sentir mais feliz e a movimentar seu corpo de modo positivo. Sinta-se competente.

Encontre algum hobby ou cultive uma habilidade

Aprender algo novo pode mantê-lo focado na conquista de longo prazo (metas a alcançar). Experimente coisas como: cozinhar, fazer artesanato, empreender seu negócio próprio. Sinta-se hábil.

Faça trabalho voluntário

Desprenda energia trabalhando voluntariamente em alguma ONG. Existem milhares de associações, instituições ou ainda eventos e situações que necessitam do seu trabalho-ajuda voluntário. Ajude os outros. Sinta-se importante.

Durma o suficiente

Deitar mais cedo para acordar mais cedo e ver o quão produtivo será seu dia. Respeitar as 8 horas mínimas de sono ajudará seu cérebro a processar melhor as informações e a pensar com clareza sobre suas prioridades. Sinta-se melhor.

Perder o vício da masturbação

Evitando a solidão

Caso você se masturbe por que se sente carente e solitário (sem parceria sexual), encontre modos de se engajar socialmente.

Participe de eventos, pratique mais atividades, aceite convites e se esforce para fazer amigos.

Se quiser namorar alguém e não tem muito jeito em falar e se aproximar, peça ajuda para um amigo ou cadastre-se em um site de encontros-relacionamentos para iniciar movimentos em direção a vivência do sexo com alguém.

Pare de assistir pornografia no computador

Existe uma relação muito próxima de compulsão masturbatória com o vício em pornografia. Uma das razões é a facilidade de acesso à pornografia em um clique.

Se você não consegue parar de assistir por conta própria, talvez seja necessário aplicar outras medidas para isso.

Leia também: Vício em Pornografia: 4 passos para superação

Não acredite nos mitos da masturbação

Caso queira interromper ou diminuir o vício, você deve fazê-lo por razões pessoais, não morais nem por mitos relacionados à saúde.

O único problema real de saúde é a dor causada pela masturbação crônica, mas ela sumirá caso você pare ou diminua a frequência.

Essas são algumas coisas que a masturbação não faz com seu corpo:

  • A masturbação não causa infertilidade, ejaculação precoce ou impotência (quem causa isso é a ansiedade em mais de 90% dos casos).
  • A masturbação não causa insanidade (loucura é reprimir seu prazer).
  • A masturbação não causa cegueira (nem se respingar nos olhos).
  • A masturbação não afeta o crescimento, rins, testículos ou pele (quem afeta tudo isso são os hormônios que você produz naturalmente).

Tenha em mente que sua meta não é cortar completamente a masturbação, mas diminui-la para uma quantidade saudável como uma vez por dia.

Acreditar ser capaz de vencer essa batalha aumentará suas chances de sucesso

Saiba quando buscar ajuda.

Caso tenha tentado de tudo, inclusive essas técnicas passadas aqui e não tenha conseguido controlar a compulsão, não sinta vergonha e lembre-se de que muitas pessoas possuem vícios, dos mais diversos, inclusive o de se masturbar compulsivamente.

Peça ajuda para um terapeuta sexual online. Nós, especialistas em sexualidade atendemos casos como o seu diariamente, e nos dedicamos a ajudar e solucionar problemas de várias pessoas nestas situações também.

Caso identifique esta dificuldade em você, estamos aqui para lhe atender. Agende uma conversa e veja como podemos lhe ajudar.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(48 avaliações, média: 4,44 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marcos Santos
Marcos Santos

Psicólogo, Terapeuta Sexual e Sexólogo. CRP 12/11425. Especialista em Sexualidade Humana pela Universidade de Araraquara(Uniara). Pós graduado em Tecnologias da Educação e EAD pelo Centro Universitário de Maringá(Unicesumar). Formação em Educação Sexual pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci(Uniasselvi). Colunista do Portal Futuro do Sexo. Conselheiro Sexual Online.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como chupar uma mulher (4 passos + dica bônus)

Close