Estimular a conexão emocional e o tesão ao mesmo tempo. Conhecer o parceiro e a parceira. Explorar e se divertir. Dar abertura com segurança.

Se você souber fazer as perguntas íntimas certas tudo isso é possível ao mesmo tempo.

E o melhor: dá para perguntar ao vivo ou no whatsapp mesmo. O importante é criar um clima gostoso e descontraído para explorar as preferências do outro e compartilhar as suas.

Leia também:

E para te ajudar a tirar o melhor proveito das conversas com o crush ou com seu parceiro (a) de longa data criamos essa sabatina.

Você já deve ter visto aquele quadro na TV em que a entrevistadora faz perguntas do tipo Ou isso OU aquilo no final do programa aos entrevistados.

Aqui a ideia é a mesma, mas com palavras que sugerem momentos, lugares, preferências.

Se inspire e seduza neste bate-bola de muita intimidade:

Vamos lá, você não pode responder “os dois”, tem que escolher uma palavra ok?

Doce o salgado?

Quente ou Frio?

Cerveja ou vinho?

Na praia ou no elevador?

De dia ou de noite?

Luz acesa ou apagada?

No chão ou na mesa?

Pegar ou soltar?

Renda/boxer/etc. ou nu?

Frente ou atrás?

Papai mamãe ou de quatro?

De pé ou deitado?

Selinho ou de língua?

Com a mão ou com a boca?

Forte ou suave?

Nuca ou pé?

Por cima ou por baixo?

No chuveiro ou na cama?

Rápido ou lento?

Elogio ou palavrão?

Tapinha ou carícia?

Morder ou lamber?

Dominar ou ser dominado?

Agora ou depois? Na minha casa ou na sua?

Isto é o início, são as perguntas para começar o jogo, a atração, para dar o start do tesão na conversa entre vocês…

É provável que chegando no final, o clima vai esquentar e pode dar vontade de continuar com mais perguntas, e se essa vontade aparecer faça as que pintar na sua cabeça.

O início está dado, sinta o que ele ou ela lhe responderá e siga até onde você quiser.

Aproveite!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(7 avaliações, média: 3,14 de 5)
Loading...
Show Full Content
Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como comunicar ao homem como você gosta de ser tocada

1 de fevereiro de 2016
Close