6 dicas para sentir muito mais prazer no sexo

1) Saia do lugar comum (literalmente)

Tá certo que a cama é um lugar confortável para as práticas sexuais e que a maioria das pessoas prefere transar na cama, também pode ser mais cômodo e rotineiro.

Segundo Patrícia Arouca, psicóloga pós graduada em terapia sexual, a sugestão é variar, conhecer outros lugares e experimentar.

Explore cada canto e cômodo da casa e também fora dela, por que não?

Não fique esperando a hora de ir deitar para terem relações sexuais. Inove, tome a iniciativa em lugares e horários diferentes do habitual.

Variar os locais onde você faz sexo ajuda a sair da rotina e lhe permite experimentar, provar novas emoções e inclusive posições sexuais. Isso pode ser muito interessante.

Use a criatividade e surpreendam um ao outro

Que tal atacá-lo(a) enquanto ele(a) prepara o jantar?

Vocês podem “brincar” de patrão/patroa e empregado(a) e desfrutar um sexo diferente no balcão da cozinha. Lembre-se de desligar as panelas e deixe a fantasia fluir.

Experimente transar no chuveiro, sentindo a água tocando seu corpo e aproveite pra fazer sexo em pé ou pra fazer um sexo oral nele.

Essa posição ainda facilita que você possa se tocar e o seu (sua) parceiro(a) também pode te tocar o clitóris, o que vai ser mais um estímulo e pode facilitar seu orgasmo.

Use um lubrificante à base de água para garantir uma lubrificação extra já que a água pode dificultar um pouco os toques e a penetração.

Tem piscina em casa? Que tal uma nadarem pelados e se amarem embaixo da água?

E no sofá enquanto vêm um filme excitante? Você pode variar bastante as posições no sofá ou numa cadeira, banquinho ou na mesa.

Enfim, usem e abusem dos espaços disponíveis. Experimentem a varanda, o terraço, a escada, a sala de TV, o carro.

Te garanto que você vai experimentar grandes emoções e sair da rotina de todo dia no mesmo lugar e na mesma hora.

Leia também:

2) Invista nas preliminares

Segundo Gabriela Daltro, psicóloga especialista em sexualidade humana, o casal que sabe trabalhar bem as preliminares sexuais desenvolve maior cumplicidade e intimidade e tem o caminho para estimular o desejo sexual e o prazer.

Preliminares são as atitudes que envolvem o sexo e o contato íntimo sem ser a penetração em si.

É com as preliminares que você vai deixar seu parceiro(a) excitado e pensando em você seja no trabalho, na rua, em casa ou na cama.

As preliminares ajudam a criar o clima certo para o encontro sexual e, portanto, você pode começar a gerar expectativa e excitação horas e até dias antes da relação sexual.

Para estimular e excitar o parceiro(a) invista nas preliminares mentais, ou seja, trabalhe com a fantasia dele(a).

Para isso você pode provocar expectativas sobre o próximo encontro, ou mesmo dar um sinal do que o aguarda quando chegar em casa.

A mente é a grande reguladora da excitação e do desejo sexual.

Experimente estas sugestões:

  • Conversas picantes ao telefone: conte a ele o que pretende fazer quando ele chegar em casa.
  • Mande uma foto da lingerie sobre a cama e deixe que ele a imagine vestida.
  • Envie uma foto sensual de alguma parte do corpo menos óbvia, como o colo, o pescoço ou aquela tatuagem bem localizada.
  • Quando se despedir diga a ele algumas das coisas que gostaria de fazer na próxima vez que se encontrarem.
  • Diga que sonhou com ele, mas que só contará o sonho se ele fizer algo que você goste, por exemplo te beijar, apertar, etc.
  • Quando estiverem a dois, proponha jogos e brincadeiras eróticas como ler um conto erótico juntos, assistir um filme erótico juntos, mostre a ele como gosta de usar seus brinquedos eróticos ou mesmo brinquem de verdade ou desafio (erótico, é claro!). A regra é brincar, explorar e se divertir.

Gabriela Daltro sugere brincar com as possibilidades da imaginação.

Lembre-se que criar expectativa mental tem a ver com não dar tudo de bandeja, deixe espaço para que o parceiro(a) crie e imagine.

A imaginação é um afrodisíaco poderoso.

3) Seduza na relação

Para Carolina Freitas, psicóloga especialista em educação sexual, a sedução é um importante ingrediente para a relação, incluindo a sexual.

Saiba que você não deve seduzir apenas no momento sexual, mas sim durante todo o dia.

Seja agradável e se atente para estes três fatos sobre a sedução. E ainda, saboreie algumas sugestões para você.

Confie em você

Sim, tudo começa em você! Acreditar em si mesmo(a) é um bom começo para seduzir.

O autoconhecimento e autoestima te ajudam a saber o que quer e ter pegada. Invista em você.

Para você se sentir ser sempre atraente, cuide bem de você. Faça atividade física, alimente-se de forma saudável, não fume e não exagere na bebida alcoólica.

Cuide também da sua autoestima, acredite em você e nas suas escolhas e assuma o controle da sua vida amorosa e sexual.

Isto refletirá confiança e independência, que são afrodisíacos.

Tenha atitude

Ter atitude é fundamental. Convide, elogie, faça e conquiste. Você deve buscar, com desejo e respeito, realizar as suas fantasias.

Aja sem obrigação e com muito tempero. Para tanto, use e abuse dos seus sentidos (olfato, tato, paladar, visão e audição).

Fortaleça os laços e invista na intimidade. Como? Celebrando juntos os momentos felizes, investindo em jantares, viagens e momentos a dois.

Dedique-se à pessoa que está ao seu lado. Risos, sorrisos e elogios são sempre sedutores.

Adquira conhecimento

Para você ser uma pessoa sexualmente confiante e ter atitude você precisa ter conhecimento.

Falando em sexualidade é importante você conhecer os órgãos sexuais masculinos e femininos e seu funcionamento.

Estas informações diminuem os mitos que atrapalham a vida sexual.

Conheça seu corpo e suas sensações. O autoerotismo vai te ajudar e muito nos momentos sexuais a dois.

E se disponha também a conhecer o corpo da pessoa ao seu lado. Não somente o funcionamento, mas também as diversas formas de prazer.

4) Toque onde a pessoa menos espera ser tocada

Segundo Marlon Mattedi, psicólogo especialista em sexualidade, a maioria dos casais vai para o sexo tocando em 4 ou 5 partes do corpo, e repetindo as mesmas áreas: Boca, pescoço, peito, vagina, pênis, bunda e por aí ficam.

Estas áreas são sensíveis e agradáveis de serem tocadas certamente. Mas invista na hora do sexo nas áreas em que a pessoa menos esperava ser tocada.

O corpo humano tem milhões de receptores a estímulos em cada órgão, em cada espaço da pele. Então porque deixar de estimular o corpo todo?

Por exemplo:

  • Parte interna dos braços
  • Área lateral do corpo próxima das costelas,
  • Lombar
  • Costas inteiras
  • Atrás dos joelhos
  • Pés
  • Mãos

são todas áreas extremamente sensíveis a qualquer estímulo e levam facilmente a excitação sexual.

Não se preocupe com a técnica, provoque o estímulo.

Morda, beije, aperte, toque, respire perto destas áreas, passe o lábio, o seu cabelo ou o que tiver vontade. A intenção é somente fazer o cérebro de quem estiver com você perceber que essa área foi descoberta.

Invista nos pontos de prazer que a pessoa que estiver com você menos esperaria que você passasse.

Isto normalmente é muito prazeroso e marca o momento, pois você vai estimular onde poucas pessoas lembram de estimular.

Um estímulo bom, recebido em local inesperado, é difícil de esquecer.

5) Aceite os fluídos e explore as sensações

Aceite os fluídos do sexo. Esta é a primeira dica para curtir um bom sexo, segundo Ana Luiza Costa, psicóloga especialista em sexualidade humana.

Saber que lambuza, que tem suor, lubrificação, saliva e esperma. Aprender a curtir ou tolerar a natureza sexual é um passo importante para relaxar e aproveitar.

A segunda dica é explorar novas sensações, quente, frio, doce… levar para a cama gelo, morango, compressas quentes, balas ardidas, brincar com estes elementos pelo corpo da parceira ou parceiro para expandir as sensações.

Usar venda, com objetivo de diminuir o controle obtido através da visão e aumentar as sensações pelo corpo, com um misto de entusiasmo e dúvida que vão trazer uma expectativa gostosa e promover mais entrega.

Leia também: Slow Sex: Por quê as mulheres adoram?

6) Sintonize a frequência vibratória sexual da parceria

Marcos Santos, psicólogo especialista em sexualidade, diz que para casais íntimos, parcerias duradouras ou namoros avançados, para alcançar uma maior confluência e equilíbrio afetivo sexual, basta sintonizar a vibração libidinal da parceria seguindo estes passos:

Ambos nus, sem a necessidade de preliminares, na posição papai mamãe invertida (ele por baixo com pernas e braços abertos, ela deita de frente ou de costas por cima dele com braços abertos segurando suavemente nas mãos dele e pernas fechadas), alinhem as colunas para sentirem cada centímetro de pele.

Posicionem o pênis no meio das pernas dela, sem penetração (para esta prática não é necessário ereção).

Iniciem respirações lentas e profundas simultaneamente. Encontrem o ritmo respiratório um do outro, sem pressa nem pressão (equilibrando ritmo dos batimentos cardíacos).

Prestem atenção em silêncio no contato face a face (tato dos rostos).

Movimentem esta atenção para as demais partes dos corpos lentamente (das faces, descendo pelo pescoço, peito, barrigas, quadris, coxas e pés). Façam o movimento inverso dos pés até a cabeça e repitam o sobe e desce (energia que movimentam).

Após profundo relaxamento, iniciem as melhores preliminares de suas vidas, com beijos profundos e toques maliciosos.

Brinquem através da masturbação um do outro. Insinuem movimentos sexuais (O roçar de quadris também gera orgasmos). Transcendam as regras culturais. Façam sexo de corpo e alma.

Redação Sexo Sem Dúvida

O Sexo Sem Dúvida é um portal referência em sexualidade humana. Fundado em 2013 e com uma equipe de mais de 60 especialistas envolvidos, desenvolvemos conteúdos confiáveis e revisados por profissionais. Com mais de 50 milhões de acessos, é hoje o maior portal de saúde sexual do Brasil.


Posts Relacionados: