Você já passou por alguma crise de casal? Ou já soube de alguém que passou por crise no casamento?

Isso é muito mais comum do que você pode imaginar. Embora buscamos o “Felizes para sempre!”, a felicidade eterna é utopia.

Todos os dias precisamos cuidar do casamento, e crises no relacionamento qualquer um pode passar. Se entrou em crise, o detalhe está em: “como superar”.

Leia também:

10 principais causas de um casamento em crise

Vou lhe passar aqui as 10 principais causas que podem fazer um casamento entrar em crise e o que fazer em cada uma delas para manter aquela chama do relacionamento viva em todos os aspectos.

Cuide de cada aspecto e evite entrar, sem querer, neles.

1) Imparcialidade

Sim! A imparcialidade pode ser silenciosa e é capaz de acabar com um relacionamento.

É como se você vivesse um relacionamento sozinho, ou seja, quando todas as decisões (por mais simples que sejam – como aquela pizza que pedimos em casa) são tomadas por um único indivíduo.

O(a) parceiro(a) não se propõe a colocar seus gostos a prova por diversos fatores:

  • medo,
  • insegurança,
  • baixa autoestima
  • entre outros.

Isso pode parecer simples, mas ao longo do tempo quem sempre tem que tomar a frente na relação, ou quem sempre se ausentou de decisões, pode um ou outro se cansar de tudo isso e começar o desgaste.

Como solucionar:

Coloque suas opiniões e vontades a prova! Saiba dividir os momentos onde podemos fazer sim que as nossas vontades sejam aceitas.

Escolha lugares onde você queira conhecer, escolha suas roupas, escolha suas comidas (mesmo que o outro não aprove – viva a vida ao seu modo), lembrando que os relacionamentos acontecem na nossa vida para somar e não para substituir, além disso você não precisa agradar 100% e em todos os momentos seu parceiro(a).

Tenha atitude, isso passa segurança em qualquer relacionamento.

Leia também: Autenticidade, a felicidade de ser você mesmo

2) Dependência

A dependência é um dos vilões para um casamento.

Casais que fazem tudo, praticamente tudo junto, e não possuem um tempo de “respiro” sozinhos, isso pode ser extremamente prejudicial ao relacionamento!

Um pode acabar sufocando o outro sem que ambos percebam o emaranhado ao qual estão se enrolando.

Mesmo casados precisamos ter independência.

Como solucionar:

Busque ter suas atividades e momentos de individualidade, por melhor que seja estar juntos.

Estes momentos a sós torna a relação mais saudável e consequentemente sem cobranças inesperadas.

Um hobby, uma volta na cidade, uma ida ao supermercado e outras atividades, busque fazer alguma vez você com você.

3) Falta de liberdade sexual

É muito comum casais não terem liberdade sexual mesmo após anos ou décadas de casamento!

A liberdade sexual, que é poder colocar os desejos e fantasias, é essencial para que a intimidade melhore e a vida a dois fique mais fortalecida.

Como solucionar:

Não tenha vergonha de falar para quem vive com você as suas fantasias e desejos.

O receio em expressar o que gosta e o que quer, geralmente se deve ao medo de ser questionada(o) ou julgada(o), mas isso se resolve facilmente com um diálogo aberto e esclarecedor.

Fale, diga, expresse o que você gosta, afinal todos temos desejos, todos temos fantasias, e porque não falar delas a quem vive com você?

Também peça a outra pessoa o que ela gosta, o que quer, o que prefere, e que conte também suas fantasias.

Afinal jogo aberto no sexo, dá qualidade ao relacionamento.

Falta de diálogo no casamento

4) Ausência de Diálogo

Ausência de diálogo mata qualquer relacionamento.

Dialogo é uma conversa saudável, respeitosa e alegre – sem ofensas, palavras agressivas, julgamentos, acusações.

A falta de uma conversa clara e espontânea é um dos fatores que geram crises no casamento.

Ausência de dialogo faz com que a relação enfraqueça e perca seu valor.

Para se ter uma ideia, converso com muitas profissionais do sexo que me relatam serem contratadas por hora somente para conversar, isso mesmo, conversar com seus clientes!

Como solucionar:

Primeiro passo converse sobre tudo com seu parceiro(a).

Além de se conhecerem melhor, esta confiança em poder conversar sobre qualquer assunto aproxima muito mais os casais.

Crie ambientes favoráveis para conversas como um jantar, tomar uma bebida juntos.

Chamar seu parceiro(a) para cozinhar com você, entre outras formas, pode ser uma alternativa para começar a praticar o diálogo.

Leia também: Como comunicar ao homem como você gosta de ser tocada

5) Viver de ilusão

Se algo não está bem, fingir que nada está acontecendo é um outro erro gigantesco no relacionamento e pode gerar um casamento em crise!

Quando vivemos assim começamos a ter atitudes imaturas diante da própria vida como pequenas “fugas” dentro da própria casa, por exemplo:

  • dormir antes do parceiro (a),
  • sair mais cedo de casa e consequentemente chegar mais tarde para não ter que “enfrentar” a situação, e até
  • fazer o filho dormir e ficar no quarto dele até altas horas na noite,

são só algumas estratégias usadas por casais em crise.

Mas entenda, o problema é SEU e ponto final! Logo, só você poderá tomar uma atitude frente a isso.

Leia também: 7 Sinais de que o amor acabou

Como solucionar:

Saia da zona de conforto que muitas vezes nos colocamos (mesmo sabendo que esta é extremamente prejudicial – nos acostumamos facilmente com o sofrimento, pense nisso!) – Tome posse do seu relacionamento!

Precisamos conhecer as nossas verdades para só assim conseguirmos mudar o que nos incomoda.

Viver um casamento de ilusão

Não viva um relacionamento de fachada somente para “mostrar” aos outros o quanto estão “felizes”, sendo que na verdade estão cansados de tudo isso.

Reveja se está valendo a pena e o que você pode fazer para melhorar e/ou resgatar esta relação (terapias, conversas, mudanças de estilo de vida entre outras atitudes).

Se mesmo assim não for possível, é melhor cada um seguir seu caminho.

Leia também: Principais benefícios da Terapia Sexual

6) Falta de Higiene e autocuidado

“Quando eu o conheci ele (a) não era assim, relaxado (a)!”.

Não existe nada pior do que dividir sua cama com alguém que não faz a higiene adequadamente ou que está desleixado(a) consigo próprio.

Descuido com a higiene pode sim levar a crises no relacionamento.

Como solucionar:

Cuide da sua aparência, das suas roupas (mesmo que seja para ficar em casa), e peça para quem vive com você que faça o mesmo.

Evite roupas (inclusive peças íntimas) velhas, rasgadas – seu parceiro(a) perceberá a diferença e isso trará bons resultados para o relacionamento e para si próprio (a).

7) Dificuldades financeiras

Dificuldades financeiras também podem levar um casamento a viver crises.

De modo geral estamos vivenciando tempos incertos em todos os sentidos e no campo financeiro não seria diferente!

Casais que vivem em meio a dificuldades financeiras onde um ganha mais do que o outro, um gasta mais do que o outro, estão com dívidas e/ou tiveram seus salários reduzidos raramente conseguem separar estes problemas da relação a dois e inevitavelmente levam as finanças para a cama e para o amor.

Como solucionar:

Se você se identificar com esta situação o primeiro passo é observar e entender o que está acontecendo de fato, o quanto isto esta prejudicando a relação e como podemos mudar tudo isso dentro da realidade vivida.

Quem sabe sentar e colocar todos os valores desde entradas e saídas, receitas e despesas em um papel e ver o quanto podem gastar dentro do que estão ganhando?

Quem sabe vocês estão precisando destas mudanças para fortalecer ainda mais a relação!

Pense nisso!

PUBLICIDADE

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

8) Agressões (de diversas formas e maneiras)

A agressividade quando chega a um relacionamento demonstra claramente que precisa de ajuda urgentemente.

Agressões físicas e verbais nunca devem fazer parte do cotidiano no relacionamento como infelizmente fazem e, mais infelizmente ainda, muitas pessoas vivenciam e entendem isso como sendo parte do processo, ou seja, normal viver assim!

Nunca é normal ter agressões!

Casais que tem o hábito de se agredirem verbalmente já indicam que o respeito e a cumplicidade foram perdidas há tempos.

E o pior de tudo é que nem se deram conta desta perda, simplesmente foram “engolidos” pelo relacionamento e ambiente violentos.

O amor pode existir, mas diante das agressões ele deve ser revisto – se pergunte se vale a pena permanecer nesta relação abusiva e procure ajuda.

Como solucionar:

Temos varias instituições, canais on-line, telefones, grupos de ajuda, que podem te auxiliar a resgatar sua auto estima e sair de um relacionamento abusivo, use desta rede de apoio para se fortalecer e tomar uma atitude que seja melhor para si neste momento.

Geralmente quem é vítima de agressões são vulneráveis e tem baixa auto estima pois sabem que não é certo mas ao mesmo tempo não conseguem sair deste relacionamento.

Lembre-se: antes de amar incondicionalmente alguém, ame primeiro a si próprio!

Amando-se primeiro, com certeza, você saberá amar de maneira saudável o outro que você escolher.

Mulher criticando

9) Críticas em excesso

“Posso fazer o que for, nada esta bom para ele(a)” – frase comum de se ouvir.

Muitos casais tem este hábito de criticar constantemente e muitas vezes na frente de outras pessoas (o que desmoraliza ainda mais o criticado) e este comportamento é tão perigoso que ele chega devagar e acaba se tornando vilão do relacionamento.

Vamos pensar: Imagina você recebendo criticas o dia todo por qualquer atitude que tenha e agora como estará o seu tesão para ir para a cama com este parceiro?

Aí esta a ruína do relacionamento!

Como solucionar:

Entenda que todos nós temos defeitos e não existe ninguém perfeito e você não mudará ninguém.

Nós só mudamos quando sentimos necessidade e não por obrigações.

Critique menos, elogie mais. Você verá os efeitos disto.

10) Falta de sintonia e divergências culturais

São dois pontos que andam de mãos dadas e que fazem um estrago emocional em muitos relacionamentos.

Estes dois pontos estão interligados, pois casais que não evoluem juntos e andam em direção opostas consequentemente apresentam uma falta de sintonia que inevitavelmente será cobrado!

E isto também pode gerar crises sérias no casamento.

Quando somente um pensa em crescer social e culturalmente e o outro não acompanha o incomodo aparecerá, pode demorar um pouquinho mas ele virá, e quando isso acontecer o relacionamento muito provavelmente acabará.

Como solucionar:

Se você está em uma condição destas e já entendeu que seu parceiro(a) não quer de fato evoluir ou colaborar para melhorar esta sintonia faça suas escolhas!

Entenda e aceite viver sabendo que o outro(a) não irá mudar por diversos fatores ou busque um relacionamento onde haja cumplicidade neste sentido.

Se uma ou mais destas questões estão atrapalhando o seu relacionamento procure solucionar, porque se não, a crise pode se agravar.

Lembrando que não existe relacionamento modelo ou certo/errado – existe o que faz bem e satisfaz aos envolvidos.

Fique sempre a vontade, qualquer dúvida que tiver nos chame, estamos aqui para lhe ajudar.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(10 avaliações, média: 4,90 de 5)
Loading...
Show Full Content
Tatiana Tognolli Bovolini

Psicóloga. CRP 06/98621, Professora na Universidade de Bráz Cubas. Especialista em Sexualidade Humana pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Mestranda em Saúde Coletiva com enfoque em sexualidade pela FMABC. Especialista em Sexualidade pela FMABC. Especialista em Medicina Sexual pela ESSM - Hungria. Membro da SLAMS - Sociedade Latino Americana de Sexualidade. Membro da ESSM - União Européia para estudos da sexualidade.

Comentários

Como enlouquecer um homem na cama

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Sexo anal entre homens

Close