Como contar o seu ciclo menstrual

1º Passo: Observação

Observar o funcionamento do seu corpo.

Por quê? Pois cada mulher terá o seu ciclo menstrual, que pode variar de 25 a 35 dias.

Deve também observar por quanto tempo você sangra. A menstruação pode variar de 3 a 7 dias.

Anote por uns meses e terá a sua média. Você pode usar um calendário mesmo ou fazer uso de alguma calculadora de ciclo menstrual online.

Divisão do ciclo menstrual

2º Passo: Por onde começar a contagem do ciclo menstrual

A contagem do ciclo menstrual começa no primeiro dia da sua menstruação e a vai até o primeiro dia da sua menstruação seguinte.

Anote sempre o primeiro dia de sangramento, independente do fluxo sanguíneo.

3º Passo: As 4 fases do ciclo menstrual

Você conhecendo o ciclo menstrual poderá identificar, pelo funcionamento do seu corpo, cada etapa a ser vivenciada.

O ciclo menstrual é dividido em quatro fases:

1) Fase menstrual

É a primeira fase do ciclo menstrual. É quando você menstrua.

Esta fase inicia-se quando o óvulo não é fecundado, então os níveis dos hormônios estrogênio e progesterona caem e o revestimento espesso do seu útero se desprende e sai da sua vagina em forma líquida.

2) Fase folicular

Começa no primeiro dia da sua menstruação e prepara os folículos ovulatórios até por volta do 10º dia do seu ciclo.

Segue até o início do aumento da produção do hormônio luteinizante, cuja função será liberar o óvulo no período fértil.

3) Fase ovulatória

Também conhecido como período fértil. Aqui acontece a ovulação, ou seja, a liberação do óvulo maduro para ser fecundado pelo espermatozoide.

Esta fase geralmente acontece na metade do ciclo menstrual, por volta do 14º dia e dura cerca de 7 dias.

4) Fase lútea

Inicia após a ovulação e segue por 10 dias aproximadamente, até o primeiro dia da próxima menstruação.

Esta fase prepara o útero para a próxima menstruação ou para a gestação.

Veja que o ciclo é estabelecido pela produção hormonal. Por isso ele é individual. Pois, você tem a sua própria produção hormonal.

Assim, com um ciclo menstrual bem estabelecido você consegue saber quando vai ser a sua próxima menstruação.

E se o seu ciclo for irregular?

Caso o seu ciclo seja irregular, não terá como você saber quando será a sua próxima menstruação.

Nesta situação é bom você procurar um(a) ginecologista, pois a causa deverá ser investigada.

Saiba que ciclos irregulares são comuns em mulheres:

  • No início e no final da vida fértil (menarca e menopausa)
  • No pós parto
  • Mulheres com anorexia
  • Atletas
  • Em períodos de mudança de anticoncepcionais
  • Situações de stress
  • Disfunções no aparelho reprodutor feminino
  • Problemas de tireoide
  • Ovários policísticos

Saiba que:

  1. A menstruação é um processo fisiológico natural da mulher
  2. O ciclo menstrual acontece mensalmente
  3. A menstruação é sinal de saúde
  4. A mulher menstruada pode sim desempenhar todas as suas atividades diárias, inclusive as sexuais
  5. Conhecer o seu ciclo é importante para que você possa identificar qual é o seu período fértil, aumentando suas chances de engravidar
  6. Conhecer o seu ciclo é importante para que você possa identificar qual é o seu período fértil, evitando uma gravidez indesejada

PUBLICIDADE

O que você gostaria de aprender?

Selecione a opção abaixo e receba a nossa orientação por e-mail

Leia também:

Como acontece a menstruação?

O fluxo menstrual é o sangue que foi eliminado do revestimento do útero. Mas como acontece? De onde vem este sangue?

Mensalmente o corpo feminino produz de forma intensa estrógeno (hormônio feminino), que é responsável pelo amadurecimento dos óvulos, nos ovários.

Geralmente esta produção intercala entre os ovários direito e esquerdo.

Este óvulo amadurecido descerá pelas trompas de falópio. Enquanto ele faz este movimento o útero se prepara para uma possível gravidez, tornando seu revestimento mais espesso, rico em sangue.

Lembrete: Com a menarca a mulher inicia seu período fértil. Dali para frente ela está fisicamente apta para engravidar até a chegada da menopausa (última menstruação).

De forma simples, se este óvulo se encontrar com o espermatozoide no útero formará o embrião, dando início a gestação.

Isto não acontecendo o revestimento se enfraquece e vira gotas de sangue, ou placas de sangue, a depender de cada mulher.

Aí está formada a menstruação.

Ilustração da menstruação

E quando acontece então a TPM?

A tensão pré-menstrual, como o próprio nome diz, acontece logo antes da menstruação.

É uma síndrome, conjunto de sintomas psicológicos e físicos, que antecede a menstruação.

Em algumas mulheres desaparecem assim que inicia o fluxo menstrual e em outras só acaba com o fim do fluxo.

As mulheres que têm TPM (não são todas que tem) sofrem com a tensão gerada pela alteração hormonal, que interfere diretamente na vida pessoal e profissional.

Leia também: O que é TPM? Como aliviar os sintomas?

Veja alguns dos sintomas da TPM:

  • choro fácil
  • irritação
  • ansiedade
  • alteração da fome
  • sonolência
  • dificuldade de concentração
  • cansaço
  • dor de cabeça
  • dores no corpo
  • dores nas mamas
  • diminuição do desejo sexual
  • retenção de líquidos
  • ganho de peso
  • angústia
  • agressividade

Você não precisa apresentar todos os sintomas, mas sim alguns em grande intensidade e sofrimento.

Não existe um único tratamento específico, já que cada mulher sofre de acordo com a intensidade dos sintomas.

Além de procurar um(a) ginecologista, para lidar com as questões hormonais você pode também ter ajuda de um(a) psicólogo especialista em sexualidade humana, para aprender a lidar com as questões emocionais e sexuais.

Veja este vídeo, como seria se menstruação fosse uma pessoa?

Fontes:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(28 avaliações, média: 4,54 de 5)
Loading...
Show Full Content
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Mestre em Psicologia, Psicopedagoga, Sexóloga, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX. Terapeuta Cognitivo Sexual. Professora de pós graduação. Supervisora clínica. Delegada Estadual - Goiás 2020/2022 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade (@programaflorescer). Especialista do portal sexosemduvida.com Atua na área de psicologia clínica com adultos, terapia de casal e terapia sexual há mais de 20 anos e desenvolve trabalhos de palestras, cursos, consultoria e orientação em educação sexual para pais e mestres. Instagram: @psi_carolina_freitas.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Seja poderosa

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como fazer um Strip Tease + Playlist de músicas para Strip

Close