O grande “segredo” para aprender a controlar a ejaculação é prestar mais atenção às sensações de excitação e as que acontecem antes de chegar à ejaculação (orgasmo) do que nos próprios pensamentos e emoções.

Na maior parte dos casos de ejaculação rápida a causa tem a ver com ansiedade e com o jeito como o homem aprendeu a ejacular. Causas como doenças, por exemplo, são relativamente raras.

Leia também:

Entenda o que acontece para aprender como controlar a ejaculação

Durante a vida vamos aprendendo como nosso corpo funciona e como ter controle sobre algumas funções. A mais parecida com a ejaculação é quando aprendemos a controlar a bexiga e o xixi.

Você já viu um adulto ensinando uma criança a tirar a fralda? Ele pergunta se ela está com vontade de ir ao banheiro, se dá para segurar um pouquinho, se está muito ou pouco cheia.

Assim a criança vai percebendo a bexiga encher e em qual ponto ainda consegue segurar ou se vai mesmo fazer xixi nas calças.

como controlar a ejaculação

Com a ejaculação é a mesma coisa.

Durante a vida e as experiências sexuais o homem vai aprendendo como gozar, quando está próximo, ou não, de chegar lá.

O que muitas vezes acontece é de este aprendizado ter falhas, seja por ansiedade, falta de experiência e falta de confiança no início da vida sexual e depois por medo e ansiedade de não conseguir.

Como evitar a ejaculação precoce

Exercício 1

Então, o primeiro passo para controlar a ejaculação é perceber como e quanto você fica excitado.

Perceber a excitação crescendo é o primeiro passo para poder decidir e treinar quando parar, ou seja, tentar parar antes de chegar ao ponto em que ejacular seja inevitável.

No começo é preciso treinar sozinho, na masturbação. Quando perceber que está chegando ao ponto inevitável, respire profundamente e contraia os músculos da pélvis (aquele que você aperta para segurar o xixi quando está apertado) e a parte interna das coxas.

Para muitos homens esta contração vai ajudando a adquirir controle. Para mais detalhes sobre o exercício é melhor consultar um profissional especializado (veja o final do artigo).

Exercício 2

Um segundo passo é parar de prestar atenção na “sua cabeça”.

É preciso treinar para prestar atenção nas sensações de prazer, ou seja, em tudo que vem dos sentidos: tato, cheiros, gostos, sons.

como controlar a ejaculação

Quando você está realmente sentindo fica mais alerta para perceber a própria excitação (lembra do passo 1?) e assim pode mudar de posição sexual, parar um pouco, fazer as contrações da pelves, ou seja, tem tempo de lançar mão de estratégias que vão te ajudar a retardar a ejaculação.

Quando se presta menos atenção aos próprios pensamentos negativos, também se diminui a ansiedade e o medo. Estas sensações podem fazer com que o homem evite a relação e queira terminar logo.

Como assim?

Pois é, quanto mais você tenta controlar prestando atenção nas idéias negativas da sua cabeça, mais seu corpo entende que a relação sexual é algo negativo na sua vida e vai querer evitá-la a todo custo.

É o que chamamos de situação aversiva: o corpo se prepara para evitar e fugir da situação ruim, mesmo que supostamente o sexo fosse uma situação boa.

Seu corpo responde ao que você sente, principalmente quando o sentimento é de ansiedade ou medo.

Aos poucos o homem vai se conhecendo melhor e aprendendo a lidar com as reações do próprio corpo.

como controlar a ejaculação

Ajuda Especializada

Um psicólogo especialista em sexualidade é o profissional que pode avaliar qual o melhor caminho a seguir de acordo com a história e jeito de cada pessoa e situação.

As sessões de terapia sexual são um espaço seguro para falar e aprender sexualidade, tirar dúvidas e aprender como desenvolver o controle da ejaculação.

O psicólogo terapeuta sexual funciona como um guia na redescoberta do próprio corpo e do prazer sexual.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(14 avaliações, média: 4,07 de 5)
Loading...
Show Full Content

Sobre o Autor Ver Posts

Gabriela Pavani Daltro
Gabriela Pavani Daltro

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). CRP 06/86668. Extensão em Psicogerontologia (Terceira Idade) pela PUC-SP. Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP). Terapeuta de Casal pelo Ciclo-Ceap SP. Especializanda em Neuropsicologia clínica pela USP-SP. Extensão em "Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Compulsão sexual, ISTs/AIDS, violência sexual) pelo Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo do HC-FM-USP. Capacitação em Intimidade e Sexualidade do Casal pelo Relational Life Institute - Estados Unidos. Autora dos Livros Digitais: Prazer na Intimidade - Guia para Mulheres e Como ter Orgasmos Sempre. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana - SBRASH.

Comentários

Controle sua Ejaculação

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor no Sexo

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Menopausa e falta de desejo sexual

15 de junho de 2015
Close