Seu marido tem ejaculação precoce e você não sabe mais o que fazer?

Em algumas relações ele ejacula antes mesmo da penetração e outras já ejacula logo depois de te penetrar.

Você vem perdendo ou já perdeu a vontade de transar com ele. Já podem até ter chegado no ponto de estarem se evitando sexualmente.

Mas você o quer e ele a deseja. E a pergunta que fica é: o que você pode fazer pela vida sexual de vocês?

Abaixo vou dar 4 dicas do que você pode fazer se estiver passando por esta situação, mas antes quero falar sobre 2 pontos importantes.

Leia também:

Não se preocupe, você não está sozinha. Saiba que é comum ter dificuldades em lidar com a disfunção sexual do parceiro.

E, em vez de você se culpar ou culpar o seu marido ou até mesmo de desistir da vida sexual de vocês, veja como ajuda-lo nessa dificuldade.

A primeira coisa que você precisa saber é que é sim possível seu marido aprender a controlar a ejaculação e você pode ser sim uma grande parceira neste aprendizado.

1. Entenda o que é a ejaculação precoce:

É importante você aprender sobre a ejaculação precoce, pois é comum a carência de informações a respeito da sexualidade humana. Ou até mesmo informações distorcidas, cheias de mitos.

Vamos lá! A ejaculação precoce é a disfunção sexual mais comum entre os homens. Nada mais é que gozar rápido.

São raras as causas orgânicas para a ejaculação precoce, sendo o mais comum mesmo as questões psicológicas e de aprendizado.

Por isso é importante a avaliação clínica da saúde sexual do seu marido. Pois o que seria este rápido, já que há homens com tempo ejaculatório maior e menor e há mulheres que demoram mais para se excitar e atingir o orgasmo e outras menos?

Importante saber a adequação do casal para o diagnóstico de ejaculação precoce.

O que acontece então?

A maior dificuldade do seu marido é o foco na hora do sexo.

Homens que sofrem com a ejaculação precoce ficam tão preocupados em não ejacular rápido na hora do sexo que se esquecem de algumas atitudes importantes para nós mulheres sermos estimuladas sexualmente.

Isso é frustrante e angustiante para você, certo?

Então, se você não sabe o que fazer para se excitar, aprenda. Conheça seu corpo e as suas sensações pois só assim você poderá mostrar para ele como te excitar e não ficar apenas focado em retardar a ejaculação dele.

Esse ajuste do casal é muito importante para o sexo mudar e ser melhor.

Como lidar com a ejaculação precoce do marido

2. Eu posso ter contribuído?

Você já deve ter se perguntado se contribuiu para o surgimento ou para a manutenção da dificuldade sexual do seu marido. Perceba que eu falo em contribuição, não em culpa.

O que temos de observar é a dinâmica do casal. Pois, a ejaculação precoce, bem como qualquer disfunção sexual, é dificuldade do casal.

As sexualidades são diferentes em cada indivíduo. Então, é importante considerar as peculiaridades da resposta sexual de cada pessoa.

No que você pode parar e pensar é que com a melhora dele o tempo da relação sexual vai aumentar e vai melhorar. Você quer isto?

Se respondeu que sim, ótimo! Já está preparada para poder ajuda-lo. Sendo assim, mostre a ele que você está disposta a ajuda-lo, para terem juntos uma boa vida sexual.

Esta atitude irá melhorar o seu relacionamento e reacender a vida sexual de vocês.

Se respondeu que não, precisamos conversar um pouco mais…

O que acontece com você? Se você respondeu que não, pode, por exemplo, ter dificuldades em ter orgasmos, dificuldades em ter desejo, não ter tempo para lubrificar. E até mesmo desconhecer o seu corpo e as suas sensações.

Por que as mulheres não têm orgasmos sempre ou quase sempre? O que está por trás disso? Você tem ou já teve orgasmos? Você gosta de sexo?

Você já pensou sobre estas questões, na sua vida sexual? Comece então a pensar. Esta atitude vai melhorar e muito a sua vida sexual.

orgasmo

Algumas mulheres também aprendem que quanto mais rápido melhor. Que se ele ejacula rápido é porque tem muito tesão por você e não consegue se segurar. Mito, porque ele pode ter sim muito desejo por você e saber controlar o corpo.

Tendo estas informações em mente, aqui vão algumas dicas para você colaborar com a melhora da ejaculação precoce do seu marido:

1. Não exija desempenho

Num primeiro momento você não deve exigir desempenho dele, isto irá gerar mais ansiedade, que interfere na vida sexual, dificultando o bom funcionamento.

Evite o círculo vicioso, ejaculação precoce e ansiedade. Cobranças e exigências não fazem com que ele se cuide mais rápido e com mais eficiência. Na verdade, podem fazer com que ele se afaste e evite a vida sexual.

2. Mantenha o contato íntimo

Evitar o contato íntimo, que se torna comum nesta situação, é ruim pois também eleva a ansiedade. Então mantenham a intimidade sexual.

Como? Beijos, carícias, banhos, massagens e qualquer outro contato que não tenha o foco na penetração e na ejaculação.

3. Converse com sinceridade

Prime por uma boa comunicação. Uma boa conversa entre o casal sobre a dificuldade que vem acontecendo ajuda, e muito, a diminuir essa ansiedade do desempenho.

Vocês vão se tornando mais íntimos e parceiros e com menos críticas e cobranças. Fale com ele sobre o que você gosta e não gosta, de forma aberta e honesta, e peça para ele fazer o mesmo.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

4. Saiba a hora de tocar no assunto

Não insista em conversar sobre o assunto logo depois do acontecido. Você pode chama-lo, num outro momento, para conversar sobre o assunto e incentivá-lo a procurar ajuda.

Não tente resolver a questão sozinha, a insistência pode deixa-lo mais ansioso.

O primeiro passo dele é ele procurar por um profissional especializado, um tratamento para melhorar a vida sexual. E você será importante nesse tratamento.

Por fim, se você ainda tem dúvidas e quiser entender melhor e saber mais sobre a ejaculação precoce e como você pode ajudar o seu marido, marque uma consulta.

Você pode conversar online com profissionais especializados em sexualidade humana, de forma sigilosa e segura.

Conte conosco!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(9 avaliações, média: 4,89 de 5)
Loading...
Show Full Content

Sobre o Autor Ver Posts

Carolina Freitas
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Psicopedagoga, Sexóloga, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX, Delegada Estadual - Goiás biênio 2018/2019 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade.

Comentários

Controle sua Ejaculação

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor no Sexo

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Sexualidade da mulher no Puerpério, período pós parto

30 de agosto de 2015
Close