O nome Kama Sutra origina-se da divindade masculina hindu Dama, que significa desejo e amor carnal. E, Sutra é o conjunto de ensinamentos.

Assim, Kama Sutra é um manual indiano que foi escrito pelo sábio e nobre Vatsyayana, no século IV. Eram orientações para os homens da nobreza, mas sem ignorar as necessidades das mulheres.

Sua finalidade era, através da filosofia indiana, elevar o sexo a uma experiência sexual magnifica.

Leia também:

O manual foi considerado um guia pra desenvolver o erotismo e a sexualidade, sendo uma filosofia preocupada não apenas com posições sexuais, mas também com o envolvimento dos sentidos (audição, tato, visão, paladar e olfato) na relação.

Preocupa-se também com o clima usando e abusando de velas, óleos aromáticos, perfumes, músicas, comidas afrodisíacas, adornos, tecidos leves e coloridos, tudo para criar um clima agradável e envolvente.

O Oriente não considera o sexo separado da espiritualidade, da religião e da arte. Já aqui no Ocidente o sexo está diretamente ligado às culpas, tabus e preconceitos.

Com esta mentalidade, o Ocidente transformou o Kama Sutra em um manual pornográfico de posições mecânicas e nem um pouco envolvente.

O manual, que traz a visão do sexo como uma arte, foi por muitos transformado em guia de posições acrobáticas e simplesmente de encaixe.

Apesar de, no Brasil, sermos considerado um povo sensualizado e sexualizado, ainda temos muito a aprender para conseguirmos elevar o sexo a um nível além do carnal e reprodutivo.

Temos de aprender que sexo é bom sim! Sexo não é apenas reprodução, é também prazer e comunicação!

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Carolina Freitas
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Psicopedagoga, Sexóloga, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX, Delegada Estadual - Goiás biênio 2018/2019 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Qual é o tempo médio de uma relação sexual?

15 de novembro de 2014
Close