O que é necessário para que haja fecundação?

Para uma gravidez, ou seja, uma fecundação, é preciso coincidir alguns fatores, como dia fértil, contato do esperma com o óvulo, e algumas outras questões.

Não precisa ficar tão preocupado porque mesmo estando em período fértil algumas pessoas não conseguem engravidar. É importante avaliar o que ocorreu.

Vale considerar: Se ficar “brincando” de colocar a glande dentro da vagina da sua companheira, isso aumenta o risco de gravidez, caso ela esteja no período fértil.

Leia também:

O que é o período fértil?

Considera-se período fértil o momento do mês que a mulher está ovulando.

A mulher ovula no 14º dia do ciclo, contando-se a partir do primeiro dia da menstruação, mas por segurança é considerado período fértil dois antes e dois depois desta data.

Este método é como referência, mas não é considerado método seguro visto que as mulheres podem ter alteração do período de fertilidade por questões físicas ou emocionais e as datas e os dias de contagem ficam comprometidos.

Brincar na entrada tem risco?

Brincar na entrada, tendo ejaculado dentro ou não, e até tendo ejaculado antes do sexo, pode mesmo assim engravidar.

Leia também: Ejaculação Precoce: Como resolver definitivamente

Como se prevenir?

Segurança se tem com o uso do preservativo ou outros métodos, por exemplo, a pílula anticoncepcional e outros.

Para tirar toda e qualquer dúvida, indico que em alguns dias façam um teste de laboratório para saber se houve ou não a fecundação.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(8 avaliações, média: 4,38 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Como o câncer de mama afeta a sexualidade

1 de dezembro de 2014
Close