O primeiro beijo dado em alguém define muito. Praticamente define se vocês irão ficar juntos ou não. Um beijo bom conecta, um beijo ruim afasta.

É difícil namorar, casar, se relacionar sexualmente com alguém onde o beijo não é bom.

Quando o beijo é bom facilmente reconhecemos. Ao mesmo tempo reconhecemos rapidamente um beijo que não encaixa.

Se o beijo foi ruim, podemos esperar o afastamento.

Leia também:

8 dicas para você não passar como mal beijador

“Não tem beijo certo, não tem beijo errado. Tem o beijo que a gente gosta. Mas sabemos que algumas coisas prejudicam um bom beijo.”

1) Cuide da higiene, não tem técnica no beijo que melhores uma boca mal cuidada

Se você tem mal hálito, ou dentes descuidados, ou qualquer problema na boca, não dá para imaginar nenhuma técnica possível.

Higiene e bons cuidados é o primeiro dos primeiros passos para um bom beijo.

2) Não pense só no seu próprio ritmo no beijo, entre no ritmo do outro também

Ache a harmonia no movimento de vocês dois. Beijo é união de duas ou mais pessoas, é harmonia.

Beijo é como se fosse uma dança. Ninguém dança com alguém pensando somente no próprio ritmo.

Beijo tem ritmo e harmonia, ache o ritmo de quem estiver com você também.

Entre no ritmo do beijo

3) Não use somente a boca e os lábios

Alguém já lhe falou que quando o beijo é bom, o beijo é de corpo inteiro, e não só de duas ou mais bocas?

Para um beijo bom entregue-se ao momento, beije e sinta o beijo, mas não faça isso somente com a boca, toque partes dos seus corpos.

Faça um cafuné por ex: toque segurando a nuca de quem você está beijando, uma das melhores sensações pra quem recebe esse toque.

Quando estiver beijando, coloque as mãos nas costas, na lombar, se estiver sentado na coxa, ou onde você gostar, mas toque além da boca.

Leia também: A importância do beijo

4) Não fique beijando de olhos abertos

Primeiro porque de olhos fechados a sua entrega é maior e você sentirá ainda melhor o beijo e todas as sensações.

Segundo porque é desagradável ao outro ver que você está beijando e olhando para os lados enquanto beija.

Esqueça o que acontece a sua volta, feche os olhos e sinta, entregue-se.

5) Não penetre a língua inteira

Jamais a língua deve penetrar toda a boca da outra pessoa já no primeiro beijo.

Não vá fundo demais. Sentir-se como se estivesse se afogando porque uma língua invadiu todo seu espaço, é extremamente desagradável.

Usar a língua é passear, pode usar o canto dos lábios, ou onde você desejar, mas vá sentindo e desfrutando.

E nunca esqueça, as sensações boas estão sempre mais próximas dos lábios e não estão no fundo da garganta.

6) Não tencione o maxilar

Não tencione, solte o maxilar. Deixe a boca solta, leve, úmida. Nada de língua dura ou lábio duro, ou boca dura.

Beijar é se deliciar, não é agredir. Beijo bom é beijo solto.

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

7) Não queira beijar sem parar

Saiba a hora de parar de beijar, antes de cansar.

Não conte o beijo por minutos que ficou grudado sem parar. Conte o beijo pelo prazer que teve.

Pare o beijo quando ainda estavam com vontade de beijar mais.

Esta é uma das estratégias para deixar a vontade de quero mais.

8) Não esqueça de mostrar se gostou

Se gostou , mostre que gostou, um sorriso no final vai sempre bem.

Mas só faça isso se realmente gostou, se não, não adianta fingir.

Dica plus:

Quanto você já tiver intimidade, beijo não precisa ser dado somente na boca, tá ok?

Pode ser na testa, nos ombros, na parte interna dos braços, na coluna vertebral, na bunda, atrás dos joelhos, na panturrilha, nos pés. Onde você tiver vontade.

Inclusive beijos em lugares inesperados é que também vai fazer de você um ótimo beijador.

Aproveite, siga estas dicas e faça valer a pena um beijo dado.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(6 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Sexo anal dói? Entenda alguns mitos

Close