Os coletores menstruais são confortáveis, econômicos e ecologicamente corretos. Por que então pouco usados?

Saiba mais sobre os coletores e decida você se deve ou não usá-los.

Por ser diferente do usual absorvente, à primeira vista o coletor menstrual pode causar estranheza, mas quem já o experimentou não fica mais sem ele.

Saiba que você pode levar de 2 a 5 ciclos para se adaptar a ele.

O coletor menstrual é um copinho feito de silicone, parecido com um cálice, que coleta o sangue menstrual. É de baixo risco de infecções, hipoalergênico e reutilizável.

Ele deve ser colocado na entrada da vagina, não ao fundo como o absorvente interno.

A depender do seu fluxo menstrual você irá esvazia-lo a cada 6 a 12 horas. A sua intensidade que vai determinar este tempo.

Quanto à higienização, você deve lavá-lo com água e sabão. E, quando se encerrar o ciclo ferve-lo.

Duração do produto: de 5 a 10 anos.

O tamanho varia, você deve ver qual é o mais adequado a você, de acordo com seu fluxo e a posição do colo do útero.

Há restrição para:

  • Mulheres que não tiveram relações sexuais, pois pode romper o hímen na colocação ou retirada.
  • E para as puérperas (40 dias após o parto), pois a região está em cicatrização neste período.
  • Se você usa DIU fique atenta ao uso do coletor para não deslocar o dispositivo pelo fio.

Não vai te atrapalhar a fazer xixi e nem nas atividades físicas. Lembre-se ele é de uso pessoal, você não pode emprestar o seu.

Quer saber como usar? Assista:

Leia também:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Show Full Content

Sobre o Autor Ver Posts

Carolina Freitas
Carolina Freitas

Psicóloga, CRP 09/8329 (Inscrição anterior CRP 01 de 13/03/1998 a 05/12/2012). Psicopedagoga, Sexóloga, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX, Delegada Estadual - Goiás biênio 2018/2019 da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH, Idealizadora e coordenadora o Programa Florescer - Gênero e Sexualidade.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

13 curiosidades sobre a Penetração

15 de fevereiro de 2019
Close