Citaremos quais géis lubrificantes são melhores para esta prática, onde você pode encontrar, e como utilizar.

Qual lubrificante você deve usar?

Para a pratica do sexo anal e qualquer tipo de relação sexual de maneira saudável e sem dor, existem no mercado algumas fórmulas de lubrificantes para todos os tipos de gostos, porém os lubrificantes a base de água são os mais indicados, com um baixo potencial de causar alergia.

As contraindicações são para produtos caseiros, produtos com muito aroma ou muito sabor, óleos, anestésicos e lubrificantes à base de petróleo, que podem danificar o látex do preservativo e ou causar alergias já que a região anal apresenta muito mais irritabilidade.

Onde encontrar:

Os lubrificantes podem ser facilmente encontrados em farmácias, sex shops e até mesmo em grandes supermercados.

Quais marcas são de confiança:

As marcas de confiança existentes hoje no mercado são: Jontex , Johnson e Johnson, Olla, Prudence,Vagisil, Viatop-Am, KY e K med.

Qual a média de valor:

Valores podem variar conforme as marcas de 3,14R$ a 80,00R$.

Qualquer pessoa pode comprar?

Qualquer pessoa pode comprar lubrificante íntimo.

Com algumas habilidades, usando preservativo e um gel adequado, sexo anal pode sim ser motivo de prazer.

Leia também:

Olá! Eu sou o Dr. Bot, um assistente virtual e estou aqui para ajudar a esclarecer suas principais dúvidas!

De maneira anônima, converse com nosso robô que já ajudou milhares de pessoas a melhorar o sexo.

Qual das opções quer saber mais?

Cuidados básicos ao fazer sexo anal

1) Respeitar os limites

Existem alguns cuidados necessários para a prática do sexo anal, ir com calma respeitando os limites do próprio corpo e os do seu(sua) parceiro(a), lubrificar bem, evitar contato direto com a vagina após penetração anal, seja de pênis, dedos ou objetos.

Esses cuidados básicos não garantem que o sexo anal seja prazeroso, mas sem eles é muito difícil que seja. Mesmo com um pouco de dor pode sim ser ainda prazeroso, isso vai de cada um.

Cuidados básicos para o sexo anal

2) Gel lubrificante

Usar bastante lubrificante (a região anal não se lubrifica como ocorre na vagina, sendo indispensável seu uso).

É importante também, ao mesmo tempo em que o pênis é penetrado, para as mulheres, fazer uma estimulação no clitóris, masturbando-se com gel entre os dedos, relaxando e não contraindo os músculos em torno do ânus, fazendo com que a sensação de dor seja encoberta pelo prazer.

Geralmente ocorre um certo medo ou ansiedade ao saber que a dor está para iniciar fazendo com que o homem ou a mulher bloqueie a sua excitação e também o relaxamento.

Então se você conseguir se masturbar simultaneamente poderá relaxar mais e inclusive diminuir a possibilidade de dor.

3) Camisinha

Utilize sempre camisinha, pois o ânus por se tratar de uma região com micro organismos, corre-se o risco facilmente de pegar uma infecção urinária se não houver proteção adequada.

E a partir do momento que o pênis penetrar o ânus ele não deve de forma alguma retornar á vagina, a não ser que o preservativo seja trocado ou retirado, utilizando esses cuidados a pratica do sexo anal não causará nenhum problema para o corpo, aumentando ainda mais a intimidade e esquentando a relação.

Para que você consiga ter e dar prazer com o sexo anal é necessário tirar totalmente da cabeça algumas ideias errôneas e colocar em pratica algumas dicas importantes.

Mitos e verdades sobre sexo anal

5 mitos e verdades sobre o sexo anal

Precisamos discutir 5 mitos e verdades sobre o sexo anal. Se você cuidar deles, facilitará a prática do sexo anal.

1) Sexo anal masculino X Sexo anal feminino

Existe uma diferença sobre o canal anal masculino e o feminino, sendo que o masculino por ser mais longo e ter a musculatura mais rígida, exige um esforço maior para a prática do sexo anal.

2) O tamanho do pênis faz diferença

O tamanho do pênis faz toda diferença principalmente se ele for muito grosso, pois pode trazer mais desconforto na penetração e até machucar.

Para que haja penetração sem dor tem que haver uma lubrificação adequada, uma massagem antes da penetração com introdução dos dedos na região ajuda na dilatação da musculatura do ânus.

3) Vontade de ir ao banheiro

Para que não haja desconforto durante a prática do sexo anal como, por exemplo, a vontade de evacuar, utilize a ducha higiênica, com um ajuste na pressão da água, assim que o líquido entra, o intestino reage e sente a necessidade de evacuar.

O indicado é procurar fazer sexo anal sem estar com vontade de ir no banheiro.

4) Objetos para estimulação anal

Existem em lojas de produtos eróticos os brinquedos sexuais especialmente desenvolvidos para esta prática de sexo anal como, por exemplo, o plug anal que é uma das melhores opções, para quem sente curiosidade de experimentar o sexo anal e não se atreve.

Com o plug também é uma oportunidade de se estimular e excitar sozinho.

Existem casos em que infelizmente, as pessoas abusam da criatividade na hora de satisfazer o desejo do sexo anal, introduzindo objetos como copos, garrafas, embalagens de desodorante, lâmpada, entre outros, e que não conseguem expelir; evite fazer isto, pois é muito perigoso.

5) Sexo anal não causa hemorroidas

Ao contrário do que muitos pensam o sexo anal não causa hemorroidas, muito pelo contrário a dilatação desse tecido elástico do canal anal é terapêutica.

Para quem tem hemorroidas precisa cuidar primeiro disto e o tratamento precisa de acompanhamento médico.

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(31 avaliações, média: 3,97 de 5)
Loading...
Show Full Content

Sobre o Autor Ver Posts

Isis Caroline de Melo Sá
Isis Caroline de Melo Sá

Psicóloga pela Universidade de Cuiabá/MT (UNIC). CRP 18/02208. Especialização em Sexualidade pelo Centro Universitário de Araraquara/SP (UNIARA).

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Libere Seu Poder

Orgasmo Feminino

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Principais benefícios da Terapia Sexual

9 de maio de 2016
Close