Antes de mais nada, peço que você faça uma experiência: Preste atenção na sua respiração.

Provavelmente você já está respirando diferente do que estava antes da minha pergunta e sua respiração ficou mais pesada agora, quando pensou nela.

Assim ocorre com os problemas no sexo. Se durante o sexo você pensar no desempenho, acabará não desempenhando, o sexo ficará pesado e a falha provavelmente virá.

Principais causas

As dificuldades de ereção podem ocorrer durante a vida.

As causas podem ser problemas físicos como doenças cardiovasculares, diabetes, entre outras, e também podem estar ligadas a questões emocionais, normalmente relacionadas a cobrança por desempenho no sexo, medo de falhar.

Leia também:

A ansiedade

Com ansiedade ou medo todo o nosso organismo se altera, aumentamos a liberação de um hormônio chamado adrenalina na corrente sanguínea e, em consequência disto, muitas alterações também ocorrem.

Se você já percebeu em algum momento a ansiedade provavelmente notou algo assim: Começou a suar, a boca ficou seca, a pupila dos olhos dilataram.

Algumas pessoas começam a perceber o corpo tremendo, para alguns as mãos e os pés mudam de temperatura, alguns também percebem a vontade de urinar ou defecar e outras tantas alterações no corpo.

Tudo isso ocorre e a relação com a ereção é que, se você estiver ansioso ou com medo, vai diminuir também o calibre dos vasos sanguíneos do pênis. Com vasos sanguíneos diminuídos o sangue recua e você perde a ereção.

Não ter uma ereção completa em jovens pode ser então consequência da ansiedade ou medo de falhar.

Como ter uma ereção duradoura?

Para uma ereção completa, você precisa aprender a controlar a ansiedade, e se você não aprender a controlar essa ansiedade pode continuar a tomar remédios a vida inteira que você provavelmente não vai melhorar.

Por isto é que você deve falar com um psicólogo terapeuta sexual. Você verá que problemas no sexo tem solução.

Existe tratamento para impotência?

Em primeiro lugar deve ser realizado um diagnóstico preciso, para entender o que está causando a impotência, também conhecida como disfunção erétil.

As causas podem estar ligadas à problemas físicos e emocionais.

Os problemas físicos devem ser diagnosticados em uma consulta com um médico urologista ou andrologista, e os problemas emocionais precisam ser avaliados por um psicólogo especialista em sexualidade.

A terapia sexual, realizada por um psicólogo especialista em sexualidade, visa solucionar as questões emocionais ligadas às causas da impotência, como a ansiedade e o medo de falhar.

Assim, tratando e solucionando os problemas físicos e emocionais, e aprendendo informações corretas sobre como funciona a sua estimulação sexual, a impotência pode ser resolvida.

Como a terapia sexual funciona para a impotência?

Quando você buscar uma terapia sexual vai ver que a solução é mais simples do que imagina, basta uma boa avaliação e um profissional competente e atualizado em sexologia.

O que parece impossível fica fácil de ser resolvido.

A terapia sexual é baseada em técnicas da sexologia mundial. Quando você iniciar, o(a) terapeuta irá com você por dois caminhos.

Um deles é organizando as questões psicológicas, que são as que mais influenciam na sua saúde sexual, por exemplo ansiedade, medo de falhar e cobrança pelo desempenho.

Sem resolver isto, você ficará com medo de falhar a próxima vez e provavelmente vai falhar.

Em paralelo, a cada sessão, você irá aprendendo exercícios na parte física que lhe auxiliarão, mesmo considerando que as emoções são definidoras da grande parte do desempenho no sexo.

Com estas duas linhas de frente é fácil verificar, a cada semana, uma evolução.

A terapia sexual é uma terapia com foco

Você não fará 6 meses, 1 ano, de terapia para depois ver se algo adiantou. Na terapia sexual o avanço é constante, em geral, sendo percebido de semana em semana, a cada sessão.

As sessões tem duração em média de 50 minutos cada, e normalmente se faz uma única sessão por semana.

Quando já se encontra uma melhora da queixa, é possível espaçar para duas sessões ao mês, visualizando o momento em que o cliente, neste caso se for você, não precisa mais comparecer, pois resolveu o que precisava.

Fontes:

Avalie esse post

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas(18 avaliações, média: 4,44 de 5)
Loading...
Show Full Content
Marlon Mattedi

Psicólogo. CRP 12/03841. Terapeuta Sexual. Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP/SP) e pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo/SP. Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação SEXPOL de Madrid-Espanha - Instituto vinculado a Sociedade Européia (FES) e a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS). Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) Gestão 2016-2017 e co-fundador do Portal Sexosemduvida.com.

Comentários

Desejo Sexual

Disfunção Erétil

Dor na relação Sexual

Ejaculação Precoce

Orgasmo Feminino

Seja poderosa

Temas Gerais

Close

PRÓXIMO POST

Fechar

Os melhores lubrificantes para sexo anal

Close